Eleanor & Park - Rainbow Rowell

|
Oi meus leitores, como vocês estão? Espero que estejam todos bem, em breve vou fazer um vídeo do que: “Comprei,li,recebi.” no mês de dezembro e janeiro, mas enquanto isso estou aqui para falar de um livro que mexeu comigo e me fez ficar com um pouquinho de raiva!

Editora: Novo Século
Autora: Rainbow Rowell
Ano: 2014
Avaliação: 4/5


Sinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.


            Já haviam me dito que esse livro tem um final difícil de ser superado, mas eu não achei que seria tanto assim... O livro de hoje é da escritora Rainbowl e conta uma história que não é difícil de ser reconhecida na vida real. Quem nunca viu uma garota ou garoto ser alvo de brincadeiras maldosas por ser diferente? Quem nunca viu serem excluídos, sem ter amigos ou até onde sentar? Essa historia aborda exatamente isso.
Contado pelo ponto de vista intercalado entre ambos, Eleanor e Park, sabemos logo no inicio que a história vai girar em torno desse tema tão importante e que agora começa a receber a devida atenção: bullying. E se passa no lugar onde isso está mais presente, o colégio. 
Eleanor é uma garota com cabelos ruivos e cacheados que não gosta nada do seu corpo por sua estrutura ser maior e mais desenvolvido que os de outros não conseguindo ser delicada. Contribuindo com essa baixa alto-estima dela, suas roupas são largas, diferentes e muitas vezes masculinas e isso tudo devido ao fato de ter uma família mais que complicada. Nosso primeiro contato com ela é através do ponto de vista do Park, no ônibus escolar. Por ser aluna nova e diferente ninguém a quer ter sentada por perto junto ao fato de que a maioria dos lugares já serem definidos para uma determinada pessoa, já sabemos que a vida dessa pobre menina não vai ser fácil e não sabemos nem metade de seus problemas. Como por exemplo: ela esta voltando para casa depois de 1 ano, após ser expulsa de casa pelo padrasto (que faz jus ao significado da palavra) e que quanto mais conhecemos mais criamos ódio dele.
Park, por outro lado, é um menino conhecido como mestiço por ter uma mãe coreana, que sempre usa roupas pretas com coisas de banda e está sempre escutando música no caminho da escola. Apesar de ser diferente, porém nem tanto, ele não sofre bullying e isso está ligado a um motivo que descobrimos ao longo da historia. Ele é bastante geek, adora gibis, adora música, e é um dos poucos a terem um banco só para si no ônibus escolar e justamente por isso em uma atitude impulsiva e que nem ele compreende exatamente a convida ou melhor de forma grosseira diz para ela se sentar logo.
           
“-Sente-se aí – disse num tom agressivo. A menina ficou parada, olhando, como se não soubesse se era gozação ou algo assim. – Caramba – Park continuou, baixinho, acenando com a cabeça para o espaço ao lado dele -, é só sentar.”

E é a partir daí que a história realmente começa, já da para imaginar que a historia desses dois vai evoluir da grosseria para algo mais. Sentimentos vão surgindo, os personagens vão aprendendo a ignorar as diferenças, a não terem medo de ser amigos ou até namorado de quem querem realmente e dão uma lição de vida para nós leitores. O livro retrata diversos temas fortes e que merecem a atenção e a cada página temos um aprendizado novo e algo valioso para levar para vida.
A diagramação é ótima, em cada capitulo é bem ressaltado quem estará narrando, além de que a capa é um amor e a história nem se fala. A única ressalva que tenho com o livro é que o final te deixa com vontade de matar a autora por deixar em aberto, mas mesmo assim vale muito a pena a leitura e é uma das minhas recomendações e entrou para os meus queridinhos.

Quem já leu, gostou? Tem vontade de ler? Gostaram da resenha? Leiam e me digam, espero vocês!

Beijos da Brooke.

5 comentários:

  1. Eu amei esse livro.
    Retribuindo convite no Twitter bjos
    http://suumaluta.blogspot.com.br/2014/10/post-200-eu-confesso-que-me-apaixonei.html?m=1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, realmente é muito bom! Deixei meu recado no blog. Beijo da Brooke

      Excluir
  2. Tô doida pra ler este livro, mas até então eu não sabia nem do que se tratava. Esta foi a primeira resenha que eu li e adorei. Coloquei ele na minha Wishlist!

    Beijão
    http://leituradascinco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado e que tenha te ajudado a descobrir um pouco mais sobre esse livro incrível. Espero que aproveite e goste da leitura! Beijos da Brooke

      Excluir
  3. Ainda não li este livro,porém,sou louca para o ler e com sua ótima resenha a vontade só aumentou.

    ResponderExcluir