Uma canção de amor - Graci Rocha

|
Como vocês estão meus amores? Espero que bem e espero que o carnaval de vocês esteja sendo muito bom ;) Nada melhor que começar a semana com uma super dica de livro, não é mesmo? E a dica de hoje é de um dos livros lançados pela autora Graci Rocha e que tem uma história super diferente e ao mesmo tempo linda.

O livro de hoje é o: “Uma canção de amor” e é algo que te conquista a primeira vista tanto pela sinopse quanto pela capa que é maravilhosa, eu fiquei apaixonada! Vem comigo descobrir o que torna essa história tão única.

Editora: Amazon
Autor: Graci Rocha
Ano: 2015
Avaliação: 5/5
Sinopse: Que tal pichar o carro do seu ex-namorado? Fazê-lo tomar uma surra das meninas mais populares da escola? Atirá-lo de uma ponte? 
Não? Sim? 
Se você é do tipo que não leva desaforo pra casa e não abaixa a cabeça, você precisa conhecer a Nina, uma garota encrenqueira que não perde a oportunidade para dar um chute bem naquele lugar no ex-namorado. 
No último ano da escola, Nina está decidida a andar na linha e dar um descanso para avó que já sofreu um infarto, acontece que este ano promete ser tudo, menos tranquilo e Nina vai descobrir que arrumar confusão com o ex pode ser perigoso. 
Aos dezoito anos, sem grandes expectativas e com um futuro incerto Nina se vê numa intrincada trama quando se apaixona pelo estranho e solitário Daniel. 
Portador da síndrome de Asperger (um tipo de autismo mais leve), Daniel é um jovem muito habilidoso com instrumentos musicais, mas quase inacessível aos estranhos. Calado, sincero e com dificuldade de se relacionar, vai descobrir que para amar a menina mais doida da escola vai ser preciso superar muitos de seus bloqueios. 
Em uma história em que a mocinha é a garota mais encrenqueira e o vilão é o cara mais bonito da escola, vamos conhecer uma linda e emocionante história de amor. 
E o que Nina e Daniel vão descobrir nessa aventura? 
Um grande amor pela música e uma paixão avassaladora um pelo outro. 
Embarque você também nessa linda e dramática história de amor.


           O que você faria se o garoto mais lindo da escola, e o único que já foi capaz de te fazer sentir alguma coisa após uma terrível perda, tivesse um leve autismo? Você tentaria entender e ajudar ou você se afastaria e desistiria por ser muito difícil de se aproximar? Bom, é mais ou menos isso que a Nina teve que passar.
O livro começa logo de cara nos apresentando uma família que acaba de sofrer a perda de uma filha e irmã em um terrível acidente, não sabemos quem são e nem o que aconteceu, só sabemos que a família está péssima (o que é esperado) e seu filho está em meio a uma crise.
No entanto, a história mesmo começa um ano depois, no primeiro dia de aula e sendo narrado em primeira pessoa por uma menina que gosta de ser chamada de Nina. Ao contrário das histórias onde a garota é a quietinha, que não se mete em confusão, ela é o oposto disso. Nina não aceita levar desaforo para casa, tem um temperamento extremamente forte e acaba sempre se metendo em confusão sendo por culpa direta dela ou não. Ela é basicamente um bad boy em versão feminina e essa é a primeira diferença dos outros livros.

“Ele tem olhos cor de violeta, num tom de lavanda (...)”

           É o fim do primeiro dia de aula, quando Nina se depara com um menino lindo e com olhos diferentes de qualquer outra pessoa no pátio da escola, no entanto sem saber o que falar ou como ir se apresentar eles acabam apenas trocando um olhar. Comprometida a não se meter em nenhuma confusão no último ano da escola, uma vez que está perto de ter sérios problemas como expulsão, ela tenta ignorar a turma de babacas do seu ex-namorado e amigos. Bom, ou era o que ela pretendia até ver quem era o alvo da vez deles. Se você está pensando que é o menino de olhos cor de violeta, você acertou! Decidida a não deixar que Cadu (seu ex) a infernizar a vida do aluno nova, ela se mete no meio da confusão resultando em um nariz quebrado e duas pessoas correndo. Se você gosta de dar boas risadas, essa história é perfeita para você.

“Para um primeiro dia de aula, até que começamos bem.”

          O problema começa ao ela dar uma carona, extremamente necessário para que nenhum dos dois acabe machucado, para esse menino. Ele não é do tipo conversador, na verdade, ele é extremamente calado, fazendo com que ela fique extremamente irritada por ele não falar absolutamente nada no caminho e só consiga arrancar palavras dele depois de muita insistência para ele dizer onde mora. Ao deixá-lo em casa é que ela consegue começar a descobrir mais e saber o motivo de Daniel ser desse jeito, ao descobrir pela mãe dele que ele é portador da síndrome de Asperger e que o fato dele ter deixado ela se aproximar tanto assim não é algo comum para ele.
A partir disso aos poucos, Nina, vai conseguindo quebrar o gelo com Daniel e os dois vão se tornando cada vez mais próximos, sempre trazendo as confusões junto com eles. Para saber o que acontece e qual o futuro desses dois, além do que eles irão aprontar e das diversas situações que vão te fazer rir muito, você vai ter que ir atrás do livro para saber!

         O livro é lindo, nos mostra o lado de que a menina nem sempre tem que ser aquela certinha a espera de alguém para ser “resgatada”, nos mostra que não é por alguém ter uma síndrome que não se pode estar perto ou que essa pessoa não possa ter uma vida e relacionamentos. Nos ensina o poder do amor e como uma paixão pode ajudar a transformar alguém. Essa é uma história incrível e que faz você torcer, sofrer, querer lutar, se emocionar e se apaixonar junto com os personagens. Eu amei a história e li ela super rápido porque não conseguia parar de ler querendo saber o que ia acontecer a seguir e como ia ser o final desses dois.
        Eu super recomendo, não é apenas uma história romântica é uma lição sobre diferenças e sobre persistência, é sobre não se deixar desistir daquilo que mais se ama seja por qual motivo for. É algo que só se lendo consegue absorver e sentir tudo isso que a autora nos faz sentir através da história.
       A capa como eu disse é linda, e eu amaria ter o livro físico por ela e pela história. A escrita da Graci é leve e gostosa de ler, você vai lendo um capitulo atrás do outro sem parar e nem percebe a hora passar. E mesmo quando não pode mais ler no momento, você quer deixar de lado só para ficar acompanhando o que esses dois vão passar. Eu super recomendo, eu me apaixonei pela história e pelos personagens e me diverti muito!

       Se vocês ficaram interessados e querem conhecer um pouco mais dessa história, no site da autora você encontra o primeiro capitulo disponível para ler. Se a história te cativar assim como fez comigo você pode estar adquirindo a obra e ir descobrindo essa linda historia de amor e superação com a Nina e o Daniel.

Sobre a autora e o livro:

Vinte e poucos anos, professora, especialista em Metodologia de Ensino de História, mãe, irmã, amiga, esposa, mas, acima de tudo, apaixonada pelas palavrinhas. Leitora por vício, escritora por vocação, mas ama mesmo ser beta reader. Nascida no Rio Grande do Sul, residente de Santa Catarina e completamente apaixonada pela região que tanto inspira suas fantasias e suspenses.
Blog;

Você encontra mais informações sobre os livros lançados e sobre a autora no link do blog ;)

        Gostaram da história? Ficaram interessados? Comentem e me digam! Espero vocês e que vocês possam ler e se apaixonar por Nina e Daniel assim como eu.

Beijos da Brooke


4 comentários:

  1. Oiii flor, adorei sua resenha. Fico muito feliz que você tenha gostado tanto. Espero em breve ter mais personagens geniosos como a Nina e apaixonantes como o Daniel. Amo seu blog.... Ta sempre lindo!

    bjks!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado *-* E obrigada, mais uma vez obrigada por me apresentar esses personagens incríveis.
      Beijos da Brooke

      Excluir
  2. Não conhecia a autora e nem esse livro. A sinopse me interessou muito e parece que não é daqueles romances clichês. Vou pôr na minha lista para ler. Adorei conhecer seu blog, te espero no meu tbm.
    Beijos.

    As Coisas Mais Doces | Instagram | Facebook | YouTube

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não mesmo, pode ler sem medo que a história surpreende cada vez mais e te envolve *-* Claro, vou ir lá conhecer o seu.
      Beijos

      Excluir