Resenha: Confusões e Indecisões de uma Adolescente - Caroline Rocha

|
Bom, hoje eu vou fazer diferente. Essa resenha deveria ir ao ar apenas amanhã por um motivo: os posts de hoje já foram postados e para que vocês não fiquem com muitos posts em um dia só e com menos em outro. Mas, eu não consegui porque acabo de terminar a leitura dessa obra e estou completamente apaixonada! Vem saber o porque de “Confusões e Indecisões de uma Adolescente” da autora parceira Caroline Rocha. Desde já peço desculpas pelo tamanho, mas não teve jeito. Risos.


Autora: Caroline Rocha
Editora: Matrix Editora
Ano: 2013
Avaliação: 6/5 - Favorito
Sinopse: Quando Thiago, o melhor amigo de Pamela, se declara para ela, a garota fica completamente confusa e vê como única saída começar a escrever para tentar desabafar e achar uma solução, que, até então, parecia ser algo impossível. Entretanto, sem perceber o que acontece em paralelo, ela começa a se questionar por que tem uma sensação estranha ao ver e falar com o Felipe, um colega de Thiago. Afinal, Felipe é o tipo de garoto de quem Pamela menos gosta: irresponsável, galinha e antipático! O que ela estava sentindo só podia ser raiva...
Será?





A primeira coisa que eu tenho a falar é que sei que a maioria dos homens devem estar pensando, eu não quero ler esse livro, é um livro voltado para o que apenas mulheres gostam. Romances, personagens apaixonantes e que te fazem suspirar realmente combinam mais com nós, mulheres. No entanto, tenho que te dizer que ao não saber mais sobre a obra você está se negando uma grande oportunidade, sabe por quê? O livro mostra como nós funcionamos, ou seja, o que pensamos, como agimos e eu confesso que várias vezes me reconheci na personagem principal, além de ser uma ótima escolha para presentear aquela pessoa especial que gosta de ler ;)

Sem mais enrolar, a obra é narrada através de textos escritos por Pamela, uma “adolescente”, apesar de eu já achar que ela combina mais para ser definida como jovem, que está atualmente na faculdade para se tornar nutricionista e possuí duas amizades extremamente fortes, uma é sua amiga Pri e o outro é Thiago, cuja pessoa é a única que consegue entende-la melhor que ela mesma.

“A questão é que minha situação é realmente complicada. Não estou dizendo que tenho o pior dos problemas. Muito pelo contrário. Meu problema é mínimo em relação aos problemas graves de varias outras pessoas espalhadas pelo mundo.”

É assim que temos nosso primeiro contato com essa adolescente, para quem tem o prazer de conviver com uma mulher jovem, adolescente, sabe que nós somos extremamente tendenciosas a sermos um pouco, digamos assim, dramática.  Não importa qual seja o problema, mesmo que para quem olhe de fora diga é uma besteira e não entendo o porque disso tudo, mas fique sabendo que é necessário sim! Bom, pelo menos para gente.

Outro fato é que mulher é uma coisa curiosa, então lógico que eu fiquei querendo saber o que era que a levou a esse ponto e continuei lendo para descobrir. É ai que a história começa a ficar cada vez mais curiosa, divertida e engraçada e que conterá diversas partes fáceis de se identificar, o que ocorreu no meu caso.

Quem já ouviu o ditado que não existe amizade verdadeira entre homem e mulher? A maioria aposto, mesmo que eu discorde disso e acredite que pode existir sim essa amizade (isso não é válido caso a pessoa seja minha) no caso da Pam e do Thiago é verdade para pelo menos uma das partes. É durante um passeio junto a seus amigos que o leitor já percebe logo de cara que da parte dele existe algo a mais, enquanto ela  é até um pouco lerda por não ter visto.

“Ele diz que meu sorriso é muito bonito e, por isso, eu deveria viver sorrindo. Isso que é amigo, né?”

Bom, quem está pensando isso não vai dar certo, adivinhou. Não bastasse ter que lidar com uma declaração surpresa de seu melhor amigo e sem saber o que sente e como responder a ele, sendo que ela não poderia se esconder porque eles estudam na mesma faculdade, ela pede um tempo para tentar se livrar da confusão que se encontra no momento. Afinal ela não quer magoar ele e sabe que ele é o tipo de cara perfeito e sonho de qualquer garota, mas será que ele é o sonho dela? Confesso que não shippei os dois não... Me condenem.

“Hoje em dia só tem cara que quer brincar com a gente, se mostra todo carinhoso, mas na verdade só está querendo conquistar para depois que ficar e fazer tudo que quiser, simplesmente largar a gente e desaparecer.”

Obvio que nesses momentos sempre acontece algo para complicar mais ainda, pelo menos comigo é sempre assim, e é nesse momento que surge outra pessoa, na verdade ele já havia aparecido antes, para fazer com que ela se sinta balançada. Ela diz que é raiva apenas, mas outro ditado que se aplica perfeitamente é que amor e ódio andam lado a lado. Sem ainda se decidir nada em relação ao Thiago é que Felipe (suspira) surge agindo de uma forma que a desestrutura por completo. Um dos problemas? Ele é amigo de Thiago. Antes que pensem mal dele, leiam e entendam, vocês verão que ele não agiu em momento algum como amigo fura-olho, além de ele ser apaixonante e não se encaixa no perfil completo de bad boy, mas também não é o homem perfeito.

“Só quando terminei de falar percebi que, conforme fui colocando tudo para fora, fui chegando para perto dele, o que tinha deixado meu rosto a uns dez centímetros do rosto dele.”

Não irei falar muito mais para não dar spoiler e estragar as mais diversas emoções que cada descoberta, cada página traz. Amei a Pri, ela é o tipo de amiga que toda garota deveria ter, o Thiago me irritou em alguns momentos por certas atitudes, ao mesmo tempo que amei a Pamela eu também me irritei com algumas atitudes e pelo fato de ela também não perceber coisas que eram obvias e nem preciso falar sobre o Felipe, fiquei apaixonada e agora que terminei a leitura irei sentir falta. Caroline que tal escrever continuação? *0*

Só posso dizer que toda a história foi incrível e fez jus ao titulo, mostra todas as confusões que muitas passam. Ser mulher em alguns momentos não é fácil não. Risos. Eu espero que tenham gostado e que a resenha tenha despertado em cada um de vocês o desejo de ler essa obra. Recomendo sem medo, porque para quem gosta de um romance e uma história leve e divertida, essa é sem dúvida a certa. Quero agradecer a Matrix Editora por ter enviado o livro para que eu pudesse realizar a leitura, ganharam uma fã.

“ – E não esquece que a gente tem compromisso marcado depois da aula.”

Você não vai perder essa, ou vai? Espero a opinião de vocês e o que acharam, se alguém ler ou for ler por causa da resenha deixa aqui embaixo. Amo ler os comentários, mesmo sem ter tempo para responder todos, e conhecer mais sobre vocês. Lembrando que amanhã as 14:00 eu trago o resultado do sorteio, fiquem ligados.


Beijos da Brooke.

12 comentários:

  1. Amei a resenha!! Que bom que você ficou apaixonada!! Sempre digo que tem um pouquinho da Pam em todas as mulheres!! rsrsrs Sobre a continuação... Vai ter! =D Assim que eu tiver alguma novidade sobre a continuação passo aqui com certeza para contar em primeira mão!! Espero que a gente ainda faça muitas parcerias juntas!! Obrigada pelo carinho! Beijos!

    ResponderExcluir
  2. E peço a todos que lerem para deixar comentários aqui e na no meu facebook!! A opinião dos meus leitores é MUITO importante para mim! Principalmente na hora de bolar o destino dos personagens na continuação! Quem quiser me add, fique a vontade também! Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Agora eu meio que ergui as mãos pro céu e agradeci por conhecer o blog, porque provavelmente nunca iria conhecer o livro em outro lugar, nunca o vi ser resenhado nem nada. E eu amei!! São tantos livros por aí que abordam as indecisões de adolescentes, mas poucos me conquistam. Confusões e Indecisões de uma adolescente foi um deles, senti um interesse e uma conexão inesplicável pela estória, me identifiquei com a personagem.
    Sobre essa autora super fofa que comentou aqui em cima... Ai ai, já amei a presença dela por aqui, super atenciosa *-* Recentemente me apaixonei pela escrita de uma autora nacional, a Graciela Mayrink, e quero conhecer muitas outras, principalmente a Carol! Quero o livro pra ontem!

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei do assunto do livro, pois confusões e indecisões é o que mais tem no convívio entre adolescentes! Confesso que não gosto desse tipo de livro (Não é porque eu sou homem hahaha). Com certeza, muitas meninas irão se identificar com esse livro, fazendo com que elas até reflitam sobre as confusões do dia a dia. Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  5. Não curto muito romance a la a culpa é das estrelas. Não gosto de livro que foca inteiramente no casal e obriga você a torcer pelo casal a todo custo. Mas esse livro não parece ter aquele vai e volta de casal, o famoso "chove-não-molha". E a capa me lembrou os livros da Thalita Rebouças que vem com aquele toque de comédia. E pela resenha me pareceu que faz o estilo dos livros que me fez gostar de leitura, que são aqueles livros da editora Fundamento. Fora que adoro descobrir autores brasileiros.

    Beijinhos, Kamila

    ResponderExcluir
  6. Uau! Fiquei super empolgada e animada para ler o livro. Adoro histórias assim, românticas, divertidas e de autores brasileiros. E você pelo que parece, conseguiu captar a essência do livro.
    Parabéns pela resenha, adorei o blog e certamente vou curtir e acompanhar as próximas postagens. Beijoooo!!!
    Sheyla

    ResponderExcluir
  7. Nossa !!! achei a sua resenha incrível e com certeza vou ler esse livro, já inclusive adicionei nos quero ler no skoob , o enredo me pareceu descontraído, divertido e apaixonante ♥♥♥♥♥
    PS: eu realmente acredito em amizade entre homens e mulheres e também acho muito fácil de notar quando não é só amizade que tá rolando , acho que não desconfiar da frase " Ele diz que meu sorriso é muito bonito e, por isso, eu deveria viver sorrindo" já é um nível master de cegueira ...kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  8. Adorei a resenha!! Fiquei super curiosa para ler esse livro, me parece ser um chick-lit bem divertido. Quero muito saber o que Pâmela vai fazer: se vai dar uma chance ao seu amigo Thiago ou se vai acontecer alguma coisa entre ela e o Felipe.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Já li chick-lits mas hoje em dia estou mais voltada as sagas de ficção e os romances do Nicholas Sparks. Parabéns pelo seu blog que garante a oportunidade de divulgação para autores brasileiros, a capa é divertida e me lembrou os desenhos da Polly Pocket ahaha. Livros assim são uma boa pedida para quem está na adolescência pois quando estava nessa fase não haviam muitas opções literárias nesse estilo e eu fazia uma festa toda vez que encontrava alguma!

    ResponderExcluir
  11. Adorei a capa, é linda, a história parece ser interessante, mas não consegui me interessar, mas deixarei anotado que sabe um dia eu queria le-lo.

    ResponderExcluir
  12. Eu também faço faculdade de Nutrição! Já vi que vou me identificar com a protagonista! Gosto de livros leves assim pra distrair a cabeça no dia-a-dia. Fiquei super curiosa.

    ResponderExcluir