Resenha: Cidades de Papel - John Green

|

   Bom dia leitores do BrookeBells, como vocês estão? Bem, hoje eu estou para falar de um filme que está atraindo muitos expectadores. Quero dizer o livro que deu origem ao filme: Cidades de Papel. Bem, antes de começar a falar do livro em si devo dizer que a sua leitura foi a mais rápida feita por mim: 2 dias, o meu recorde pessoal (Recorde anterior era de 1 semana). Agora vamos de fato ao livro em si. 


Autor: John Green
Editora: Intrínseca
Ano: 2013
Avaliação: Sensacional

   Cidades de papel é narrado por Quentin Jacobsen ou simplesmente Q, ele é vizinho de Margo Roth Spiegelman, por quem nutre um amor platônico desde a infância. A história começa em mais um dia da infância de Q, ele e Margo saem para um passeio de bicicleta pelo bairro mas nesse dia acabam encontrando uma pessoa morta em Jefferson Park. Como Margo adora um mistério, decide investigar quem é aquela pessoa por conta própria, Como o próprio Q diz: "Margo sempre adorou um mistério. E, com tudo o que aconteceu depois, nunca consegui deixar de pensar que ela talvez gostasse tanto de mistérios que acabou por se tornar um." Passam alguns anos (9 anos para ser mais preciso) e agora temos Q e Margo como Veteranos (ou estudantes do último ano do ensino médio).
   Em uma certa noite, Margo  abre a janela do quarto de Q e convida-o para fazer parte de um extenso plano de vingança, pois precisa de um piloto de fuga para algumas situações, Q aceita receoso e juntos, parem para o que a Margo julga ser a melhor noite da vida de Q.

   Q acredita que depois desta aventura ao lado de Margo as coisas serão diferentes: que eles irão voltar a serem amigos como eram na infância, que irão se reaproximar porém no dia seguinte Margo não aparece no colégio. Margo some sem deixar vestígios de para onde ela foi. 

Q então parte atrás de possíveis pistas que possam a vir indicar onde Margo Roth Spiegelman está, porém quanto mais pistas aparecem mais a Margo que por anos ele imaginou se distancia da verdadeira Margo.

Sobre o autor: John Green (Há quem diga que os fãs o chama de João Verde, eu ainda não saquei o motivo (risos)) é um vlogger e autor norte-americano escreveu A Culpa é das Estrelas (onde ficou mais conhecido) além de O Teorema Katherine, Quem é você Alasca, entre outros.



8 comentários:

  1. Oi..
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler, mas claro que tenho vontade.
    Acho que não vou resistir e acabar vendo o filme mesmo. Mas que bom que gostou.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leticia, tudo bem?
      Que legal! O filme vale a pena ver tanto quanto o livro vale a pena ser lido. Espero que goste tanto do livro quanto do filme.

      Beijos.

      Excluir
  2. Oi!
    Esse livro me decepcionou um pouco por causa da protagonista, não gostei da Margo desde o início, mas como nos outros livros do autor, a história é super criativa e ainda traz alguns temas para reflexão. Agora falta eu assistir ao filme...
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Entendo... Esse é um livro que te faz refletir e algumas vezes me fez me colocar no lugar de algum personagem. Acho que irá gostar do filme.
      Bjs

      Excluir
  3. Não consigo gostar dos livro de John green, já tentei ler, mas não me interessei, e esse eu não pretendo ler pois desisti de tentar ler os livros dele. Não gostei das capas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Brenda, acho que todos os autores (Nacionais ou Internacionais) merecem uma chance. Eu dei essa chance ao John Green através do filme Cidades de Papel. Livros que tem filme geralmente tem a capa diferente que às vezes chamam mais atenção que as originais.

      Excluir
  4. Eu adorei ler essa historia, eu gostei quase tanto quanto A CULPA É DAS ESTRELAS. Me fez pensar em muitas coisas da vida e mudar minhas perspectivas de vida, tudo parece tão diferente depois de ler ele. É um livro que (particularmente) me apaixonei e recomendo a todos. Adorei seu blog, já deixei em meus favoritos.

    Meu blog: www.umcontainer.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Eu também gostei muito de ler esta história. Não li ainda A Culpa é das Estrelas, mas vi o filme e se for tão bom quanto o livro: Legal! Realmente ao ler este livro, você acaba mudando a forma como enxerga a vida e tudo mais.
      É um dos meus livros que me fizeram ler bastante rápido.

      Abraço!

      Excluir