Resenha: O Garoto dos Olhos Azuis - Raiza Varella

|
Olá, meus amores. Andamos sumidas por aqui, não é mesmo? Mas o blog vem voltando com novidades e esperamos que gostem bastante. ;) Para aqueles que não acompanham o blog não estão sabendo que agora dentre as novidades o blog tem dias fixos de postagem, ou seja, entrando aqui nesses dias você irá encontrar algo novo esperando por você! Essa e outras novidades você encontra clicando no post que a Belle fez falando acerca de tudo isso.

O post de hoje é sobre um livro apaixonante, o tipo de história que te faz suspirar e soltar gargalhadas ao mesmo tempo. O Garoto dos Olhos Azuis é uma obra nacional da autora Raiza Varella publicada pela Editora Pandorga já a 1 ano e esse livro,  na minha opinião, deve ser lido por todos os apaixonados por romances e que gostam de se divertir durante a leitura. Descubra todos os detalhes na resenha a seguir. ;)


Bárbara é linda, loira e bem-sucedida. Desde que assistiu a uma cerimônia de casamento pela primeira vez, ainda criança, seu sonho é apenas um: percorrer o tapete vermelho da igreja, vestida de noiva. Porém, contrariando todas as suas expectativas, ao ser abandonada no altar, a vida de Bárbara desmorona. Ela decide voltar à cidade natal e passa a viver com os irmãos e mais dois amigos. Todos homens. Com a ajuda de Vivian, uma espécie de Barbie Malibu, Bárbara tenta superar sua decepção amorosa recente e uma da adolescência, que volta com tudo à sua memória: o garoto dos olhos azuis. Será que o cavalo branco só passa uma vez? É isso que Bárbara vai descobrir com bom humor, jogo de cintura e uma pitada de neurose, em O Garoto dos Olhos Azuis, romance de estreia de Raiza Varella.
6/5 estrelas - Favorito
Ano de lançamento: 2014


Se você espera uma protagonista calma, doce e angelical, aquela típica “dama” saiba que não irá encontrar. Barbara desde o momento em que presenciou o primeiro casamento, ainda quando pequena, se tornou uma fã por eles. Mas não pelo motivo que todos vocês devem estar pensando. Em vez de observar a noiva em sua grande entrada na igreja, ela por acaso olhou para o noivo e a expressão dele fez com que um sonho se despertasse nela. O sonho de se casar e que nesse dia seu noivo a olhasse de modo tão apaixonado e como se nada mais existisse assim como aquele do primeiro casamento ao qual compareceu.  Só havia um problema, os contos de fada e finais felizes só existem em livros e filmes e Bárbara iria descobrir isso da pior maneira.

Até a minha avó é culpada por minha total desolação. Desde pequena ela sempre repetiu a mesma fala quando eu começava a ladainha sobre o cara perfeito: “Querida, o cavalo branco só passa uma vez na vida, se você deixa-lo escapar não terá outra chance.” Pois é,  vovó, eu levei um coice. MUITO OBRIGADA!

                Se você está se sentindo perdido e sem saber o que aconteceu para que uma jovem que sempre admirou os contos de fada deixou de acreditar e considerar ladainha a história do cara perfeito (que eu concordo que não existe fora dos livros e filmes), então você está no caminho certo. Mas calma, a explicação começa logo a seguir. Ao chegar atrasada para uma prova na faculdade e na correria para sua sala, Bárbara, esbarra em um menino que irá mudar sua vida para sempre e virá a se tornar seu noivo mais para frente.

Ele tinha cerca de um metro e noventa de altura, era magro, mas definido, tinha cabelos pretos e era dono dos olhos castanhos mais encantadores que eu já vira.

                Não, você não leu errado. Os olhos de Miguel, atual noivo dela, são sim castanhos e sim, eu sei, vocês devem não estar entendendo mais nada, afinal o livro fala de um garoto de olhos azuis, correto? Digamos que esse menino é outro que a marcou profundamente, mas que por ironia do destino ela nunca mais pode ver. Calma, logo eu chego nessa parte.

                Chegado o dia mais esperado, ela mal pode se conter de tanta emoção. Mas o que deveria ser o dia perfeito já começa de forma estranha, suas amigas estão agindo de forma totalmente diferente do normal, sua família não aprova o casamento com seu noivo que de acordo com eles não é o cara certo. No entanto, decidida a que nada nesse dia poderia dar errado ela acredita que é só besteira de sua mente e segue com seus preparativos e para quem acha que não poderia piorar... Pode piorar e pode ser da pior forma. Seu noivo não está a olhando do jeito que ela sempre sonhou, pior ainda, ele nem a esta olhando e se isso já nas bastasse ainda a humilha da pior forma. Deixando-a em pleno altar e revelando seu amor por outra e não uma qualquer, mas aquela a quem sempre considerou sua melhor amiga!

– Desculpa, padre, mas infelizmente este casamento não vai acontecer. Estou apaixonado por outra mulher. – Ele beijou Manoela delicadamente enquanto ela suspirava de alívio.

Com uma amiga assim, quem precisa de inimigos não é mesmo? Ao invés de fazer o que eu faria em sua situação, mas ressaltando que os irmãos dela e a avó dela agiram como eu agiria, ela foge da igreja vestida de noiva entrando em um taxi que estava por ali. O taxista logico que leva um susto, afinal imagine alguém parecendo à noiva do Chuck entrando em um taxi, digamos que ser surpreendido é pouco.

Humilhada e com seu sonho destruído, ela resolve que está na hora de voltar para sua cidade natal e ficar com a sua família. Chegando lá mais uma vez ela se esconde de tudo e se prepara para fugir para bem longe, sempre que algo acontece em sua vida ela resolve fugindo para outro lugar, o que ela não esperava é que a sua volta lhe traria lembranças do seu passado e daquele com quem ela sempre sonhou: seu garoto dos olhos azuis.

– Não escuta o que ela falou. Eu sei que algum dia alguém vai notar você. – Então ele abriu o sorriso mais lindo que eu já tinha visto, o que me fez lembrar daquele noivo de muitos anos atrás, mas o sorriso daquele rapaz não chegava nem aos pés do meu garoto dos olhos azuis. Borboletas dançaram no meu estômago. – Sabe por quê? – Neguei com a cabeça. – Porque eu notei.

 Cansados de ver a irmã desse jeito, seus irmãos mais velhos a convidam a passar um tempo com eles no apartamento em que vivem com os amigos (e que inclusive é de um dos amigos, Ian). No entanto ela não quer ficar sobre a proteção deles e muito menos conviver em um apartamento apenas de homens, mas com sua mãe a enlouquecendo em casa ela não vê outra opção.


Sua chegada ao apartamento é em grande estilo, ela come o que não deveria, deixa o dono do lugar trancado do lado de fora, acha que seu cão irá devorar a gata que ali vive e só para ajudar o Ian é lindo (o sonho de qualquer mulher). Aos poucos ela vai se aproximando de todos que estão por ali e mesmo jurando nunca mais se permitir ela vê que talvez isso não seja capaz. Mas é verdade o que diz o ditado: gato escaldado tem medo de água fria.

Quando eu finalmente iria entender que na vida real a mocinha sofre o pão que o diabo amassou e nem sempre tem um final feliz?

E por mais que tente, ela não consegue se permitir e deixar o passado para trás para poder seguir em frente, mas será que alguém será capaz de faze-la mudar de ideia? Será que quando o amor vem até você se pode escapar? Só lendo para descobrir.

– Que você não enxerga o que está bem na sua frente. Sim, você perdeu duas amigas, grande coisa. Se elas realmente gostassem de você, teriam sido honestas. Você perdeu um noivo, dane-se. Se ele te amasse, nunca teria cedido as investidas de ninguém, muito menos de uma das suas amigas. – Comecei a chorar novamente. – Mas você ainda têm pessoas que se preocupam. Têm pais ótimos, uma avó linda, dois irmãos que a amam e dariam a vida por você, e tem amigos, você ainda tem amigos, Bárbara.



Com personagens apaixonantes, uma protagonista um pouco lerda ( o que me irritou em alguns momentos por ela não perceber coisas obvias) e um protagonista que é o sonho de qualquer mulher e muita confusão e diversão é impossível não se encantar e adicionar aos favoritos esse livro. Recomendo a todos que curtem um bom romance, para aqueles que gostam de histórias assim, isso sem falar que a diagramação desse livro é mais que perfeita! Os detalhes apresentados em cada capítulo, a dedicação em cada página, tudo é incrível. Amei e entrou para os meus favoritos <3



Um beijo da Brooke. 

Um comentário:

  1. Olá Bruna,

    Amei a resenha! Adoro o livro e a escrita da autora que é divertida e apaixonante <3

    ResponderExcluir