Resenha: Simplesmente Amigos - Alessandra Vale

|
                Aos poucos eu estou colocando as resenhas em ordem e a de hoje é uma leitura que eu recomendo e que me fez refletir muito sobre quem eu sou e sobre não deixar de fazer algo pelo motivo de: o que as pessoas irão pensar. Simplesmente Amigos é o primeiro livro publicado  da autora Alessandra Vale e espero em breve ver mais de suas obras pelo mercado! Agora vem comigo saber todos os detalhes ;)



Quando tudo parece normal na sua história, vem a vida e muda as coisas de lugar, colocando sua casa de cabeça para baixo e lhe ensinando a reescrever a sua existência!

Foi assim que Alice, uma mulher permissiva, que aceitava todas as situações como lhe eram impostas, viu sua vida sendo conduzida à necessidade de ser feliz. Depois de fatos inusitados e descobertas chocantes, sua transformação foi inevitável e trouxe mudanças marcantes e definitivas.
Ela nunca mais seria a mesma, não depois de reaprender a viver da forma como reaprendeu. O desejo de alcançar a satisfação em sua história, a fez viajar em uma busca de si mesma com revelações surpreendentes, para quem sabe, depois de resolver-se como pessoa, encontrar um amor verdadeiro! 
Tudo isso de uma forma alegre, divertida, comovente e romântica.

 5/5 estrelas
Ano de lançamento: 2014

                Alice tinha uma vida perfeita, casada com um cara incrível e com uma relação invejável a todos aqueles que viam, ela não tinha o que reclamar e não podia pedir nada além do que já possuía. Depois de muito tempo finalmente ela e Luiz Claudio iriam ter as merecidas férias, ou essa era a intenção até a vida estragar todos os planos. Um acidente de carro faz sua vida virar de cabeça para baixo, tirando a vida de seu marido e fazendo com que ela quase seja enterrada viva, mas salva nos últimos minutos.

"Era engraçado ver meus parentes e amigos – os que tiveram coragem de continuar no locar – olhando me desconfiados como se eu fosse um ser do outro mundo, meu senso de humor acendeu-se e segurei o desejo que tive de fazer um “BUUU!”, porque se isso tivesse ocorrido não sobraria uma viva alma para me ajudar a sair de dentro daquele caixão."
               
 Digamos que eu no lugar dela, definitivamente faria o “Buu” k Mas voltando, depois desse susto e de muitas emoções, alegria para a sua família e susto para outros presentes, Alice além de lidar com a morte de seu marido perde o emprego na escola onde dava aula, a empresa onde é sócia (e Luiz trabalhava) está enfrentando uma delicada situação e se isso já não fosse o suficiente ela ainda descobre que o envelope deixado por seu marido para ser levado a Búzios na volta da viagem continha bem mais do que apenas coisas envolvendo a empresa.

                Seu marido que não queria ter filhos com ela, na verdade já possuía e vinha tendo uma amante por muitos anos. O seu casamento perfeito era na verdade apenas uma fachada, porque na visão dele, e apesar de ela concordar que sua relação não possuía aquele desejo e vontade que todo relacionamento deve possuir, eles eram simplesmente amigos que acabaram juntos.

" A amizade é importante em um casamento, mas não era fator determinante em um relacionamento feliz! um homem não quer ir pra cama com sua amiga, ele quer ir pra cama com uma mulher. Era duro aceitar isso mas era necessário!"
               
                Depois de muita luta, de muito choro e de finalmente chegar a uma aceitação e uma aventura com outra pessoa nessa cidade, Alice resolve que irá mudar sua vida. Nada de ser aquela que todos esperam, de ter suas atitudes controladas, ela quer apenas ser feliz o que ela nem sabe se algum dia já foi! Mesmo com medo de que não irão aceitar a nova pessoa que ela está se tornando ela segue em frente, afinal ela ganhou uma segunda chance e não irá desperdiça-la vivendo da mesma forma regrada e infeliz de antes.

- As vezes temos que mudar para sobreviver e outras só deixamos sair de dentro de nós a pessoa que estava presa, mas seja como for... sou sua filha e te amo da mesma forma que sempre te amei, e espero que você não me rejeite porque eu não sou mais aquela Alice.

                Aos poucos vamos acompanhando a nova Alice surgir, a lutar contra seus traumas e aprender valiosas lições. A ter novas amizades, a descobrir que gosta de trabalhar em algo que nunca havia tentado antes, a querer fazer coisas diferentes e a se entregar ao mesmo tempo em que sabe o que é saudável ou não para sua vida. Podemos dizer que a vida dela muda completamente, sua antiga eu é deixada para trás tanto em atitude quanto em visual e ela vai em busca de sua felicidade... Ou melhor, a felicidade vem atrás dela em forma de um cliente para sua empresa, mas será que dessa vez com Rangel ela realmente terá aquilo que sempre quis?  Isso claro se a vida deixa-la ser feliz e não colocar mais uma reviravolta pela frente... As vezes é necessário perder algo para descobrir o que se realmente precisa.

"... consegui eliminar o ódio e as mágoas quando entendi que amor não se pede, não se exige, não se compra, não se obriga... Se sente. E é grátis!"

                Uma história emocionante, romântica e divertida. Uma lição de vida que irá ensinar a cada um a repensar seu modo de viver e de agir. Um ensinamento sobre perdão e amizade e o mais importante: sobre estar bem com você mesmo para que possa estar feliz na vida! Eu preciso dizer que amei a história, foi bastante surpreendente e a leitura ocorreu de uma forma fluida e que eu mal queria parar de ler para fazer qualquer coisa.

                Recomendo a história da autora por se tratar de mais do que uma simples história, tenho certeza que todos aqueles que lerem serão tocados e transformados de alguma forma. Por isso não perca tempo e adquira o seu, não irá se arrepender. Essa obra é mais uma que mostra o talento que nossa literatura apresenta, por isso se permita experimentar mais trabalhos nacionais e se surpreenda! É uma experiência única e que não tem preço.

                Espero que tenham gostado e que eu tenha conseguido atiçar a curiosidade de cada um de vocês que está lendo essa resenha. Para aqueles que lerem me contem o que acharam, sendo comentando ou enviando por e-mail (o formulário ali do lado torna isso ainda mais fácil), e é claro me digam o que acharam aqui em baixo para eu saber se estão gostando ou não!


Um beijo da Brooke.

Um comentário: