Coletânea de Quadrinhos - Fronteira Livre (MBP)

|
   


  Olá seguidores/seguidoras Brooke Bells, como vocês estão? Bom, hoje é dia de mais um post temático, porém desta vez em uma área nova: Quadrinhos
    Bom, hoje eu irei falar sobre a Coletânea de Quadrinhos - Fronteira Livre da MBP (Milena e Brum Produções). Se você é um fã de quadrinhos, eu recomendo ter uma cópia dele em sua coleção (Todas as histórias reunidas são excelentes, e é muito bom saber que há tantos autores nacionais de alto calibre).

O livro foi produzido através de um financiamento coletivo via Catarse e lançado em Dezembro de 2014. A Coletânea de Quadrinhos - Fronteira Livre tem esse nome pois reúne 22 histórias em quadrinhos (Ah jura? risosde 27 artistas de diferentes regiões do Brasil, mostrando que a nona arte não tem fronteiras.

Apesar de ter quase um ano do lançamento desta coletânea, só vim a tomar conhecimento da existência dela recentemente através do Nestablo Ramos (ele é também o apresentador do programa Enerdizando), que é um dos artistas presente nesta excelente coletânea, a quem eu devo agradecer por me apresentar a esta maravilhosa obra.

Deixo aqui meus parabéns a todos os envolvidos nesta coletânea, pois vocês fizeram um excelente trabalho (A idealizadora do projeto, os artistas que nos proporcionaram excelentes HQs e os financiadores deste projeto que fizeram esta coletânea ser produzida). Como eu disse é bom saber que há tantos artistas de alto calibre nas diversas regiões do nosso Brasil.



P.S.: Não vão me roubar...

Boa leitura a todos,
Até a próxima!

 



22 comentários:

  1. Achei interessante a proposta desta coletânea de quadrinho ;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A proposta é realmente interessante, as histórias dentro desta coletânea também são.

      Excluir
  2. Oi Henrique!!
    Bem criativa essa coletânea de quadrinhos..
    Não lia muitos quadrinhos, mas agora estou começando a ver quais sao interessantes e os que quero comprar.
    Esse realmente vai entrar na lista!
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Joseph Luis.
      Realmente é bem criativa pois consegue reunir diversos artistas das diferentes regiões do Brasil, quando o normal é você conhecer apenas o artista da sua região esta coletânea permite um aficionado por quadrinhos do Sul conhecer um artista do Norte, por exemplo.
      Que bom que entrará para sua lista.
      Abraço.

      Excluir
  3. Recentemente eu ganhei uma HQ sobre vampiros, e vi que a série dessa HQ é composta por 10 livros, por conta disso fiquei em dúvida se vale a pena eu ter ou trocar :/ Achei incrível essa HQ que reuniu muitos artistas do Brasil inteiro. Sem falar que eu amei a capa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luis Carlos, acho que vale a pena ter pois HQ sempre são excelentes fontes de leitura. Eu ganhei ela de presente do autor Nestablo Ramos, ele é gente finíssima. Se já gostou da capa, irá gostar das histórias.

      Excluir
  4. Não conhecia essa coletânea de quadrinhos e fiquei muito interessada. Gosto muito de HQ´s, e ainda são vários quadrinhos reunidos e de autores brasileiros, o que me faz gostar mais ainda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Maisanara F. Eu gostei pois quem me apresentou foi o Nestablo Ramos, que é um dos Quadrinistas presentes nesta coletânea, pois vindo dele coisa boa é; além de que é uma excelente forma de você poder conhecer o trabalho de autores que só seriam conhecidos, possivelmente, na cidades que moram.

      Excluir
  5. Curto muito um HQ, essa coletânea parece bem interessante, fiquei com muito vontade de conferi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Milena Soares, creio que irá gostar muito.

      Excluir
  6. Nunca tinha ouvido falar desse livro,eu nunca li um HQ,eu já li mangá e revistas em quadrinhos,mas achei muito interessante essa coletânea de autores nacionais pois isso irá incentivar mais os autores que querem começar a escrever pois quer dizer que estão dando mais valor a autores nacionais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daniela, HQ é História em quadrinhos então pelo seu comentário já leu sim (risos). Todo o incentivo de arte é bem-vinda, principalmente advinda de pessoas que realmente tem interesse na área, além de que é uma excelente forma de mostrar o trabalho de diversos artistas àqueles que provavelmente por morar longe de um determinado artistas e suas obras serem muito regionais não chegariam a outros estados.

      Excluir
  7. Henrique, os quadrinhos são sempre bem vindos na minha pilha de leitura. Fiquei bem interessado em Fronteira Livre, pois ainda não li um quadrinho que reunia tantos autores como este. Estou curioso com o desenrolar dessa estória mesclada com muitos autores. P.S.: Outra curiosidade que despertou-se em mim foi sobre as ilustrações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ycaro. Na verdade é uma coletânea, onde cada artista apresenta uma história própria e não uma única história contada por diversos artistas. Cada artista possui um tipo de traço e uma temática, devo dizer que isso é interessante pois você conhece um pouco do artista, como eu disse o único que eu conheço pessoalmente é o Nestablo Ramos.

      Excluir
  8. Sempre gostei de quadrinhos, acho que foi meu primeiro contato com a leitura qdo criança e agora mais velha gosto mto de ler mangás.
    Nao conhecia a Coletânea de Quadrinhos e fiquei bem interessada em ver como é por dentro...
    Lindo projeto e desejo mto sucesso mesmo, vou procurar para ver como conseguir para ver como é.
    Amei a dica.
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já conheço como é por dentro e digo que não irá se arrepender; É um projeto interessante pois permite o Brasil inteiro conhecer artistas do Brasil inteiro que poderiam ficar conhecidos apenas regionalmente.
      Que bom que gostou da dica.
      Beijos.

      Excluir
  9. Achei muito interessante a ideia dessa coletânea, assim podemos conhecer autores de todas as partes do país.
    Fiquei curioso para saber como é o interior do livro.
    Ótimo projeto, que seja bem sucedido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade pois permite que os autores que são conhecidos apenas onde moram, sejam conhecidos Brasil a fora;
      As histórias escolhidas são interessantíssimas.
      Pelo sucesso no Catarse, ele foi bem sucedido; agora só falta alcançarem novos leitores.

      Excluir
  10. Legal Henrique. Amo quadrinhos apesar de ter só 3, até pouco tempo iescondia minha paixão por eles e agora estou começando a ter em minha estante (quanta besteira, fico me perguntando o porque, e continuo sem resposta kk).
    Este HQ é fácil de encontrar??????
    Eu sou tão desligada que nunca percebi em um certo ponto do trajeto existe uma editora JHS, o meu medico me deu um exemplar de Anuario Poetico dessa editora contendo poemas dele também, ainda não o li, mas por cima percebi o quanto minha região tem escritores conhecidos (pelo menos por mim).


    Bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fran, quadrinhos ou qualquer forma de cultura que você goste é sempre bem-vinda. Eu sou meio suspeito para falar, pois minhas paixões são diversas (você pode encontrar elas em meus posts (risos)).

      Bom, quando li sua pergunta a minha resposta era: Não sei, pois foi um presente do Nestablo Ramos (ele é um dos autores presentes nesta coletânea); porém como eu não gosto de deixar nada sem uma resposta, leia após pesquisar, eu achei onde tu pode comprar: http://www.comichouse.com.br/lancamentos/fronteira-livre-varios-autores/

      Que médico legal! Eu desconheço essa editora, mas acho legal essa iniciativa deles. Aqui em Brasília, eu só conheço o Nestablo Ramos (não que não haja outros por aqui).

      Eu gostei desta coletânea pois permite o Brasil todo conhecer artistas além de sua região.

      Beijos.

      Excluir
  11. gostei bastante da capa.
    quando criança, lia muitas revistas em quadrinho e adorava. hj em dia não leio muito. mas gostei bastante da coletânea.

    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aguida, se você quiser adquirir um exemplar para você é só entrar aqui: http://www.comichouse.com.br/lancamentos/fronteira-livre-varios-autores/

      Acho que todo mundo quando criança lia revistas em quadrinho, principalmente turma da mônica, atualmente algumas crianças ainda leem quadrinhos porém com a tecnologia isso se torna raro, infelizmente.

      Beijos

      Excluir