Resenha: Violetas na Janela - Vera Lúcia

|


               Oi, meus amores. A resenha de hoje é de um livro muito esclarecedor, com uma leitura que flui rápido e que é um grande sucesso. Para quem não sabe no mês de outubro e novembro eu sofri duas perdas, meus avós se foram e com isso é inevitável que a família não fique triste... No entanto,  por uma sugestão de família acabamos chegando a esse livro que foi capaz de acalmar, nos trazer paz e nos dar um caminho a seguir e como podemos transmitir o nosso amor e carinho mesmo de longe. Então já aviso que nessa resenha eu irei colocar um pouco de pessoalidade, mas tenham certeza que não estou sendo influenciada no que eu digo pela situação. A obra que eu estou falando é  Violetas na Janela da Petit Editora.

Patricia desencarnou aos dezenove anos. No mundo dos espíritos, recorda que despertou tranquilamente no plano espiritual, sentindo-se entre amigos. Feliz com a acolhida, adaptou-se à nova vida auxiliada por espíritos benfeitores que a receberam na Colônia São Sebastião
Patrícia explica o que é a desencarnação. Descreve as belezas do plano espiritual, onde não faltam trabalho, estudo e diversão. No início, estava cheia de dúvidas... Do que se alimentaria? O que vestiria? Sentiria as mesmas necessidades? Enfrentaria o calor, o frio? Aos poucos, tudo se esclareceu ao conviver com outros jovens desencarnados. 

Conheça o outro lado da vida: entenda como devemos proceder diante da morte de um ente querido – o que fazer para superar a separação e confortar aquele que partiu. Patrícia exemplifica a lição, relembrando a inesquecível ajuda que recebeu de familiares espíritas.


Você já passou por alguma perda?  Se sim, você irá entender o quão difícil é passar por algo assim e se não (e espero que demore a ter que passar por isso) provavelmente você já viu alguém. Mas o que acontece com quem parte? Sempre pensamos em como as pessoas que estão aqui se sentem, mas imaginar como está e se está bem o ente querido raramente acontece.

Quando Patrícia desencarna aos 19 anos devido a um problema de saúde sua família fica inconsolável, porém por já terem um conhecimento acerca do mundo espiritual  sabem o que fazer de melhor nessa hora. Mesmo assim nunca é fácil passar por isso e jamais será. 

- Sentiram. Claro que todos sofrem sua ausência e se ajudam mutuamente com muita compreensão. Fazem de tudo para mandar a você o carinho e o amor que sentem. Um dia vocês irão se encontrar, como agora se encontra comigo. Verá que nunca estiveram separados, porque o amor une.

                E é exatamente isso que Patrícia nos conta, depois de já estar bem adaptada e feliz, ela volta para contar e esclarecer para os que estão encarnados como é e o que tem do outro lado. Ela vai relatando como se estivéssemos lá, junto com ela, nos mostra como é para quem faz a passagem e o que cada atitude que os familiares e amigos têm aqui a afetam lá.

- Achamos que é o melhor para você. Assim, neste período difícil que é para os encarnados a perda de um ente querido, você dormindo não sente.

                É complicado descrever exatamente a história narrada nesse livro, porque não é uma ficção, não tem uma trama a ser mostrada, não tem um problema, um caso de amor proibido ou algo do tipo. Essa é uma história bem mais profunda que irá te levar a refletir sobre coisas que não refletiu antes, irá te mostrar o caminho, as dificuldades que o desencarnado tem tanto quantos os encarnados que ficam; mas, acima de tudo, irá te mostrar que o melhor é acalmar o coração e desejar apenas coisas boas,  não atribuir culpas, não chamar por quem teve que ir... Porque não é um adeus definitivo, mas apenas um ate logo porque em breve todos se encontraram e essa pessoa estará lá para te recepcionar e te ajudar no caminho.

As violetas encantavam-me, não só enfeitaram a janela do meu quarto, mas a janela do mundo novo que se defrontava à minha frente.

                Quanto ao título da obra, algo que eu gostei muito, tem toda uma explicação que é revelada durante a leitura. A mãe de Patrícia sempre gostou de violetas e as tinha em sua cozinha, como não poderia mais estar perto de sua filha ela enviava seu amor e força através do anjo protetor de Patrícia e esse por sua vez as transformava e colocava na forma de violetas. As quais a acompanharam e ajudaram a saber que eles estavam bem e a amavam, mesmo que a distancia os tivessem separando agora, o amor permanecia firme e mais forte até do que a dor.
               
                Como eu falei, uma história desse tipo é difícil de ser resenhada justamente por não ser algo banal ou que tenha uma trama definida. É apenas uma jovem menina que depois de ter desencarnado volta para contar através de uma de suas tias o que tem e como são as colônias e a fase de adaptação para aqueles que estão lá. Um lugar lindo e de paz capaz de acalmar e consolar os corações dos que sofrem com as perdas dos que já não estão mais aqui. Além de mostrar a verdadeira face do espiritismo, tão comumente associado a algo negativo, mas que na verdade não tem nada haver com isso!
               
                Recomendo para todos que quiserem conhecer e ter esse contato com uma outra visão, para todos aqueles que se questionam e desejem saber de uma visão do que pode se ter do outro lado. Mas acima de tudo, desejo a leitura para aqueles que realmente desejam ou precisam de um acalento para o coração. Não é preciso seguir para ler, mas é uma linda mensagem para se levar para a vida.

                Espero que tenham gostado e para os que não curtem esse tipo de leitura existem outras dicas de livros que possam combinar mais. Isso é apenas o que o nosso blog se propõe sempre, abranger a maior variedade literária.


Um beijo. 

12 comentários:

  1. Brooke, eu sinto muito por sua perda. Sei o quanto é difícil perder aquele familiar que amávamos tanto, mas desejo que todos vocês possam encontrar conforto em breve :/
    Sua resenha está maravilhosa, posso até dizer que foi uma das mais bonitas e sinceras que pude ler. Já havia ouvido falar deste livro, mas jamais procurei sua sinopse para saber do que se tratava, e agora que conheci um pouco de sua trama, estou desejosa a lê-lo. Já o adicionei em minha lista de leituras.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Alessandra! Realmente não é um momento fácil, mas aos poucos vamos conseguindo superar e seguindo em frente. :') Fico feliz que tenha gostado tanto da resenha, vale a pena ler porque é um livro lindo e todos que realizam a leitura tiram uma lição para si. Espero que goste!
      Beijos

      Excluir
  2. Não conhecia esse livro, mas achei bem interessante abordar o assunto de reencarnação, coisas relacionadas com o espiritismo, relacionadas com perdas, pretendo ler Violetas na Janela em Breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, os livros dessa autora fazem bastante sucesso em questão de agradar e ser bom de ler. Recomendo a leitura e espero que goste!
      Beijos

      Excluir
  3. Sentimentos por suas perdas. :(
    Esse livro é lindo, uma colega fez um resumo dele para um trabalho em sala e todo mundo adorou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Giovana! Sim, o livro é realmente lindo e vale a pena de ser lido. Se um resumo já fez todo mundo adorar a obra completa irá conquistar corações!
      Beijos

      Excluir
  4. Nunca fui muito fã do genero,mas gostei do livro ,a capa é maravilhosa .
    Quem sabe não acabo lendo um dia desses ,pq com certeza não vou me arrepender .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não era de ler sobre o gênero, mas a Petit e a sugestão com esse livro me fez começar a mudar de ideia! Espero que goste se ler e realmente não irá se arrepender <3
      Beijos

      Excluir
  5. Terminei de ler o violetas janela no início deste mês. Incrível, acalentador. Pra quem é espírita é um livro essencial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, até para quem não é... eu recomendo!
      Beijos

      Excluir
  6. So essa capa já acalma, ela é linda.
    Brooke, eu não sou muito fa de enredos assim, é meio difícil quando algum me chama atenção. O livro tem uma historia interessante, mas como raramente me chama atençao, preciso de mais resenhas.
    Fico feliz por encontrado paz.

    BJsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu te entendo e espero que consiga definir sua opinião sobre o livro! Obrigada <3
      Beijos

      Excluir