Brookeando: Vai achando...Ela também sabe desapegar

|

                Vai achando que ela é um pertence que pode ser esquecido no quarto ou deixado para empoeirar. Vai deixando ela de lado, vai esquecendo-se de ser o que era e deveria ser. Vai passando a não valorizar a mulher que têm ao seu lado. Vai, mas pensa que talvez quando você voltar ela não esteja mais aqui.

                Porque você sabe mais do que ninguém que ela é do tipo que chama atenção mesmo quando não quer, afinal foi assim com você. Você sabe que ela é capaz de conquistar com um olhar e que quando se está perto dela nada mais é igual. Tenho certeza que se lembra das inúmeras vezes em que se meteu em confusão só porque alguém estava a olhar demais para ela. De tanto rodar por ai sabe que são poucas ou quase nenhuma que aturariam os teus ataques de loucura, seu ciúme exagerado ou seus dramas desnecessários. Mas ela atura e volta todos os dias a contar os segundos até que o celular apite com uma mensagem sua. Sem falar dos pensamentos dedicados a você... E acredite, uma mulher assim tu não encontra em qualquer lugar.

                Ela é cheia de manias e defeitos, encantadora quando quer e pior que seu pior pesadelo quando deseja. Ela é cheia de defeitos, mas quem não é... Ela pode ser aquilo que você teria para sempre ou aquela de quem você se arrependeria eternamente de não ter mais. Ah, rapaz, você sabe muito bem que como ela faz é capaz de ninguém mais fazer!

Então abre o olho e pensa! Porque hoje ela pode até estar pensando em você. Olhando tuas mensagens de 5 em 5 minutos ou controlando quantas vezes você ficou online e não falou com ela. Relembrando momentos, conversas, carinhos. Fazendo planos para o futuro.... Mas uma hora ela pode e vai cansar da sua falta de tato, da sua falta de jeito, dos seus desapegos... E é nessa hora que você pode perderá tudo que mais queria e não imaginava querer.


Afinal no meio de tantos desapegos, ela também aprendeu a desapegar

Um comentário:

  1. Olá, tudo bem? Muito bonito esse texto, arrasou! Realmente, uma hora cansa, né?!

    Beijos,
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir