Crítica: 3096 Dias (De Cativeiro)

|

O filme de hoje eu escolhi porque minha amiga, Gabi, me obrigou a ver basicamente, mas eu acabei gostando. Então vamos lá, o fimle de hoje é: 3096 Dias de Cativeiro é um drama autobiográfico. O filme foi escrito pela própria Natascha Kampusch. Existe um livro com o mesmo nome, e o melhor de tudo é que temos o filme de hoje na Netflix. É um filme instigante e com certeza vai prender sua atenção.

Natascha Kampusch, 10 anos, foi sequestrada no caminho da escola. O técnico de comunicações  Wolfgang Přiklopil de 35 anos sequestrou a menina após passar alguns meses planejando o ato. A menina passou mais de 8 anos em cativeiro, mais precisamente 3096 dias. Natascha passou por torturas, surras, fome, estupros, humilhações e só conseguiu se livrar já adulta. 



Como eu comentei lá em cima, Natascha é real e a história tanto do filme quanto do livro é a historia do sequestro dela. E é um dos sequestros mais longos que já existiu na Áustria. Aconteceu de verdade de 1998 a 2006. Inclusive o Fantástico fez uma reportagem sobre o caso.

Quanto ao filme, por ser uma autobiografia, o filme é muito honesto. A atriz que interpreta a Natascha, Antonia Campbell-Hughes é surpreendente, eu fiquei pasma com a atuação dela. Wolfgang é interpretado por Thure Lindhardt é muito bom também, achou ele meio conhecido? Bom, talvez porque ele já fez Anjos e Demônios, Deixa a Luz Acesa, Velozes e Furiosos 6, The Borgias, quer mais? Está bom né? E a menina que fez a Natascha mais nova é a Amelia Pidgeon, ela fez A Mulher De Preto 2.


Nota para filme, eu dou 10. A história é incrível -triste, tenta, mas incrível- prende o espectador. Super bem filmado, o passar dos anos no filme é muito bem demonstrado, os atores são bons. O que mais me tocou no filme foi a mensagem sobre não perder a esperança, pois em nenhum segundo ela se acostumou com a situação em que vivia, sempre tinha esperança de fugir e sobreviver aquilo tudo.


Bom meus amores, espero que tenham gostado do post. Eu sei que ando sumida, mas me perdoem por isso, mas eu ando sumida porque tenho que alimentar outro blog para meu trabalho da faculdade. Eu falo sobre a junção de saúde e esportes, Saúde na Trave. Mas já está acabando o semestre e eu estou voltando meus amores.

Até sexta que vem
Beeeijo
-Belle

Nenhum comentário:

Postar um comentário