Crítica: Anjos da Noite - Guerras de Sangue

|

Anjos da Noite - Guerras de Sangue (Underworld - Blood Wars) é o quinto filme da franquia Underworld - que teve início em 2003 - dirigido pela estreante Anna Foerster - a primeira  mulher a assumir a direção da saga. O longa chegará apenas em 1º de dezembro, entretanto já pudemos assistir e você poderá conferir agora o que achamos.

Ao longo dos séculos, duas espécies imortais - Vampiros e Lycans - travam uma grande guerra. Os Death Dealers são - a força de elite dos vampiros - os responsáveis por caçar e exterminar a raça inimiga. Selene - Kate Beckinsale - faz parte deste esquadrão. Devido a atos do seu passado, acaba sendo caçada tanto por seus semelhantes quanto por seus inimigos.


O Clã Lycan liderado por Marius - Tobias Manzie - está atrás de Selene e de Eve, uma híbrida - India Eisley - para usar o sangue de ambas como chave para alcançar um poder supremo que poderia vir auxia-los em uma vitória definitiva. Porém a vampira Semira - Lara Pulver - visa obter este poder para si mesma.

Para acabar com esta longa batalha, Selene contará com ajuda apenas dos vampiros Thomas - Charles Dance - e seu filho David - Theo James - embora esta tentativa possa acabar custando sua própria vida.

Neste novo capítulo, somos apresentados às novas mitologias, personagens, e cenários - criação de Cory Goodman e Kyle Ward - que alimentam a franquia que tem treze anos de existência. E apesar de tanto tempo, ainda apresentam algumas falhas que podem vir a incomodar.

Beckinsale que reprisa seu papel pela quarta vez mostra que ainda tem fôlego para o que o papel exige além de surpreender ao mostrar ao público um lado inexplorado da personagem.

Obs.: Apesar de ter sido o primeiro filme da franquia a ser filmado em 3D, não há nenhum grande efeito que justifique assisti-lo neste formato. 

Será que após anos de embates, esta guerra finalmente acabará? Para obter esta resposta é só ir ao cinema mais próximo de você a partir de 1º de Dezembro.



Cuidado com mordidas!
Até a próxima!


/

Um comentário:

  1. Esse é um filme maravilhoso, grande elenco. Adoro o estilo dela, além de inteligente para escolher os projetos no que trabalha, faz pouco tempo que a vi em Anjos da Noite - Guerras de Sangue, e acho que é extraordinária, é algo muito diferente aos que estávamos acostumados a ver.

    ResponderExcluir