Resenha: Acampamento de Inverno para Músicos (nem tão) Talentosos - Clara Savelli

|

                Amanda já havia feito muitas escolhas ruins na vida; Murphy era testemunha de quantas vezes ela insistiu em escolher o cara errado. Mas nesse momento a única coisa que ela se arrepende é de ter deixado sua melhor amiga, Lila, convencê-la a ir passar 30 dias em um acampamento para músicos. Definitivamente esse havia sido a sua pior escolha... ou acabaria sendo a melhor? A obra de hoje é Acampamento de Inverno para Músicos (nem tão) Talentosos da autora Clara Savelli; e preciso dizer que ela por diversas vezes me lembrou as incríveis obras de Meg Cabot, sendo tão bom quanto. Vem conferir:


Amanda foi arrastada pela melhor amiga para passar um mês em um Acampamento para Músicos em Teresópolis, cidade serrana do Rio de Janeiro. O sítio do acampamento é isolado e, ainda que pense nisso constantemente, Amanda não tem como fugir. Tudo bem que ela perde um pouco da vontade de fugir quando conhece Bruno, monitor do Acampamento que também não parece estar tão empolgado com o fato de ter que passar um mês trancafiado naquele lugar. E já que não pode fugir, por que não aproveitar tudo que for possível? Entre garotos, segredos e muita música, Amanda descobre que é mais talentosa do que pensa e que passar um mês trancafiada em um sítio isolado pode não ser tão ruim assim. Especialmente quando o sítio tem piscina aquecida, academia, água quente e um monitor lindo daqueles.

Avaliação: 5/5 estrelas

                Amanda é uma jovem de dezessete anos muito bonita, que gosta de dizer que seu talento para música é praticamente inexistente. Apesar de conhecer poucas músicas- umas quatro -  na flauta, sua amiga Lila insistiu para que ela se inscreve-se e fosse junto com ela para o acampamento de música que iria acontecer. Em um momento de insanidade, - e depois de muita insistência - ela aceita e agora se vê dentro de um ônibus a caminho de passar 30 dias no meio do nada em e já se arrepende eternamente por isso.

                Sabendo que não tem como fugir, ela resolve apelidar o acampamento como Acampamento de Inverno para Músicos (nem tão) Talentosos, devido ao fato de estar presa ali e não possuir talento – apesar de sua amiga insistir em negar e dizer que é exatamente o oposto.  Amanda deixa bem claro que não quer estar ali com seus comentários sarcásticos e com uma extrema falta de empolgação pelo que esta por vir.

                Determinada ao pelo menos tentar aproveitar já que não tem como fugir, Amanda, logo se identifica com o Monitor Bruno responsável pela sua faixa etária; uma vez que ele parece estar tão animado de estar ali quanto ela. A química entre os dois é inegável, e logo o vemos agindo de uma forma nada profissional com ela, mas será que dessa vez ela faria a escolha certa em relação a um rapaz ou seria apenas mais uma de suas escolhas erradas?

Ele era problema, especialmente, porque eu sabia que havia uma grande probabilidade dele não ser um problema só para mim.

E quando horas mais tarde as duas se veem atrasadas para o primeiro jantar e sem muitas opções a não ser em uma mesa com dois rapazes, seria esse um inicio de uma grande amizade e algo mais promissor ou seria apenas algo para a sua lista de desastres para fazê-la acreditar que realmente não deveria ter ido para lá?  

Gustavo é o típico rapaz fofo e que logo de cara deixa Lila encantada, já seu melhor amigo Eduardo é capaz de mexer com Amanda a irritando de uma forma que ela nem sabia que era possível. Mas será que por trás de todo esse ódio e farpas trocadas não poderia existir algo mais? Ele parece achar que Quanto mais Amanda Melhor, mas será que a recíproca poderia ser verdadeira?

                É inegável que o azar insiste em fazer companhia a ela, o que ela gosta de dizer que é sempre Murphy agindo ao seu redor; mas será que é apenas uma questão da vida ou ela também insiste em ajudar tomando os caminhos errados? Amanda aos poucos irá descobrir que seu talento na música realmente é pouco, e se quiser se apresentar no show final terá que se dedicar bastante; e apesar de amar cantar e ter se inscrito na aula de canto, mesmo com a insistência do professor ela insiste em não fazer desde que chegou ao acampamento...  O que começou como algo que ela nem queria fazer poderia se tornar uma das melhores coisas de sua vida?

- As coisas não são sempre necessariamente boas ou ruins. Elas só são.

                Acampamento de Inverno para Músicos (nem tão) Talentosos ou Acampamento para Gênios da Musicais como Eduardo gosta de denominar, irá mostrar como uma vida pode mudar totalmente em trinta dias. Veremos grandes amizades surgirem, veremos atritos acontecerem e aprenderemos muito sobre as coisas importantes da vida regados a bastante música.

                Essa é uma obra leve e encantadora, apaixonante e instigante, de leitura rápida e capaz de agradar a um grande público de leitores por possuir elementos variados que quando juntos formam uma grande obra! Se eu tivesse que descrever meu sentimento por esse livro com uma música – ou parte dela - seria Não me abandone jamais; porque eu definitivamente quero levar ele para sempre comigo.
               
                Ideal para aqueles que procuram um romance fofo ou que gostam de histórias que te levam a relembrar sua juventude, essa obra é daquelas que você só para de ler quando não há mais chance. Leiam e descubram para saber tudo que pode acontecer em um acampamento e como as coisas podem mudar em apenas trinta dias!

Um beijo


21 comentários:

  1. Oie! Eu quero ler esse livro, vou ter que criar vergonha na cara e ler alguns livros no Wattpad e esse com toda a certeza está na lista! Fico feliz que tenha curtido a leitura, e eu simplesmente amo o titulo dessa história! *--*
    Bjss

    ResponderExcluir
  2. Pelas suas descrições, acho que este livro foi escrito pra mim, porque achei esse enredo muito fofo e nostálgico e já quero ler o mais rápido possível. Amei a dica.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Brooke!
    Amo os livros da Meg Cabot. Mas será que posso gostar desse?
    Só não tenho muita certeza, porque a Amanda parece ser um tanto chata e essas reclamações da juventude já não me atraem mais. rsrs... Acho que a minha fase já passou. :P
    Mas obrigada pela dica. Quando eu quiser ler algo leve e sem comprometimento, certeza que esse livro é o certo. ;)
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  4. No momento não estou buscando um livro assim, mas adorei a premissa e quando eu precisar ler algo leve pra acabar a ressaca literária já sei qual procurar.
    Parece bem nostálgico!
    Obrigada pela dica!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  5. Quando você mencionou Meg eu já sabia que ia me apaixonar, a escrita da autora é maravilhosa e sei que você não fez essa comparação á toa, acho que o fato de ser um acampamento sobre musica dá um ar mais bacana.

    ResponderExcluir
  6. Olá!! :)

    EU não conhecia este livro e fico contente que tenhas gostado assim tanto e dado ate cinco estrelas!! Parabéns pela resenha! :)

    EU não lerei por não fazer o meu género de leitura, mas gostei também disso de a vida mudar em trinta dias..! :) E que relembre a juventude! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Não conhecia essa história e pela sua resenha me parece ser um romance fofo e delicado, e adoro livros assim! Creio que nunca tenha lido alguma história que envolvesse acampamentos e seria interessante conferir esse livro por esse motivo, além de envolver música e uma protagonista que acredita não ser talentosa enquanto a amiga discorda disso. Dica anotada!

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  8. Se eu visse o livro por ai confesso que não me interessaria, mas para mim ser comparada com Meg cabot é algo grande, os livros dela fizeram tota a minha adolescência, não a leio com tanta frequencia agara mas aprecio demais o trabalho dela e acho que iria gostar desse livro

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bom?
    Vi esse livro a uns tempos atrás mas não procurei saber sobre ele. Agora que você comparou esta obra com as de Meg Cabot, bem, preciso lê-la para ontem!Quero muito saber quais são os atritos que surgem na vida da personagem nesse acampamento, se ela vai conseguir cantar e claro, sobre as novas amizades e confusões que ela vai se meter. Sugestão mais que anotada!!


    Beijos!!
    http://entrelivrosepersonagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem por aí?

    Achei a premissa da história bem interessante e eu amo o fato de envolver música, mas o que me deixou um pouco receoso foi o fato de você indicar o livro para quem gosta de romances fofos... eu não gosto muito, hahaha. Enfim, sua resenha ficou maravilhosa, parabéns!

    Abraços.
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  11. Olá. Gostei premissa de história e dessa coisa de entrelaçar romance e música. Gostei mais ainda de saber que você indica esse livro para quem gosta de romances fofos e como eu sou a principal pessoa que gosta desse tipo de leitura já quero ler esse livro. Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem? Ultimamente tenho lembrado bastante a minha juventude e gostei da premissa do livro, creio que seria ótimo acompanhar a personagem nesse acampamento e conferir tudo o que pode mudar na vida de alguém em 30 dias. Sua resenha está ótima, dica super anotada, beijos.

    ResponderExcluir
  13. Não sei exatamente o porquê, mas lendo a resenha me lembrei de Camp Rock...acho que por causa da música e do acampamento mesmo. Heheheh
    Eu não sou muito ligada em música, mas achei a proposta fofa e acho que leria sim, às vezes é bom sair da nossa zona de conforto.

    Beijo

    ResponderExcluir
  14. Gosto de livros que mostram amizades nascendo, e vejo que neste temos personagens bastante carismáticos que mostram como a amizade é importante para nossa vida. Adoro viajar por esses enredos divertidos que nos remetem para o tempo da adolescência, como já passei da fase, adoro a nostalgia. E claro não posso deixar de citar que a m´sucia, deixa a leitura ainda mais gostosa.

    ResponderExcluir
  15. Ola, não sou muito fã de livros jovens adultos, mas achei a história muito fofa e sempre que envolve amor e música isso é de amolecer o coração. Quem sabe não darei uma oportunidade.

    Beijos
    http://floraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    Gosto bastante de livros do gênero e ainda não conhecia nenhum sobre acampamentos que fossem para músicos.
    Achei a premissa bem inusitada e intrigante, sua resenha ajudou a entender o que esperar da obra e conseguiu me deixar curiosa para conhecer mais a fundo os personagens e as relações que apresentam entre si!

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  17. Oii, tudo bem?
    Eu confesso que não conhecia a obra e nem a autora, mas fiquei encantada com a premissa do livro. Eu estou em uma fase que estou querendo ler romances e tenho certeza de que iria gostar desse, pois também envolve musica. Com certeza está na minha listinha de desejados.

    ResponderExcluir
  18. Não sei se leria esse livro, embora a capa seja bonitinha. Não é muito um tema que me atrai...

    Ainda mais um que diz que trocar farpas e irritações pode ser amor. É o tipo de livro que diz que mesmo que a pessoa te irrite profundamente, te faça sentir muita raiva, é porque ela gosta de você. Mesma coisa de meninos puxarem cabelo de meninas nas escolas infantis e vir uma professora e dizer pra ela: é porque ele gosta de você! Bleh.

    Apesar de sua opinião positiva sobre ele, não é um livro que está em minhas prioridades de aquisição.

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  19. Oii
    Não conhecia esse livro, mas pela sua resenha pudemos observar mesmo que ele é doce, leve e bem gostoso. Adoro livros nesse estilo, por isso, dica mais que anotada.

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  20. Oie
    Tudo bom?
    Não conhecia esse livro, mas achei a premissa interessante e fiquei curiosa para saber como vai se desenvolver a história dentro desse acampamento.
    Ótima resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Primeiro eu digo que a capa desse livro é linda. Amanda deve ser louca mesmo, afinal, quando somos pressionados demais temos um momento de insanidade. Fiquei curiosa para saber o que ela pensa que estava fazendo em um lugar que ela não tinha talento. haha
    É um livro de personagens fofos e cativantes. Preciso já ler!

    ResponderExcluir