Resenha: Namorado de Aluguel - Kasie West

|

                Oi, meus amores. Tudo bem com vocês? Continuando a saga de resenhas de leituras de janeiro, tenham fé que chegaremos as de fevereiro kk, a obra de hoje é uma história mais leve e romântica; ideal para aqueles momentos que você quer algo para suspirar e se apaixonar sem uma lição de vida pesada. Com uma história clichê e divertida, Namorado de Aluguel da autora Kasie West e publicado pela Verus Editora, irá te proporcionar diversas risadas e um romance em sua forma mais bela, mesmo que no início comece bem errado! Vamos lá?


Quando Bradley, o namorado de Gia Montgomery, termina com ela no estacionamento do baile de formatura, ela precisa pensar rápido. Afinal, ela vem falando dele para suas amigas há meses. Esta era para ser a noite em que ela provaria que ele não é uma invenção de sua cabeça. Então, quando vê um garoto esperando pela irmã no estacionamento do baile, Gia o recruta para ajudá-la. A tarefa é simples: passar por namorado dela — apenas duas horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. Depois disso, ela pode tentar reconquistar o verdadeiro Bradley. 
O problema é que, alguns dias depois do baile, não é em Bradley que Gia está pensando, mas no substituto. Aquele cujo nome ela nem sabe. Mas localizá-lo não significa que o relacionamento de mentira deles acabou. Gia deve um favor a esse cara, e a irmã dele tem a solução perfeita: a festa de formatura da ex-namorada dele — apenas três horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. 
E, justamente quando Gia começa a se perguntar se pode transformar seu namorado falso em real, Bradley reaparece, expondo sua farsa e ameaçando destruir suas amizades e seu novo relacionamento. 
Inteligente e maravilhosamente romântico, Namorado de aluguel retrata a jornada inesperada de uma garota para encontrar o amor — e possivelmente até a si mesma.

Avaliação: 4/5 estrelas


                       Inveja, drama, situações que parecem ser o fim do mundo, tudo isso faz parte da vida de um adolescente. Com toda a certeza você já passou por isso e conhece esse desprezar que é ser adolescente e achar que pequenas coisas são maiores do que realmente são – se você não sabe... bom você deve ser um alien! No entanto o que muitas vezes começa como algo simples acaba realmente se tornando dessa forma por atitudes próprias que só tendem a piorar tudo!

                É exatamente esse o caso de Gia Montgomery, uma jovem popular e estudiosa que se encontra prestes a entrar em seu baile de formatura.  Já tendo planejado tudo para que a noite fosse nada menos que perfeita, ela se vê completamente perdida quando seu namorado mais velho – e que suas amigas haviam passado a duvidar da existência – termina com ela na porta do baile. Desesperada e tendo um nome a Zelar, ela tenta encontrar uma forma de consertar aquele terrível acontecimento se sujeitando a pedir que um completo estranho que seja seu namorado por aquela noite.  

- Veio trazer seu irmão?
- Irmã. - Perfeito. Ele ergueu as sobrancelhas. -Você vai ser o meu par. 

                Quando o rapaz que viria a se tornar o “dublê do Bradley” foi deixar sua irmã no baile ele jamais imaginaria acabar em um relacionamento de mentira. Não que ele quisesse estar naquela situação, mas quando uma jovem parecia prestes a desabar em pleno estacionamento ao brigar com um rapaz ele não conseguia simplesmente ir embora e deixa-la ali a mercê com ele. E foi exatamente essa preocupação que o havia colocado naquela situação com uma linda garota em um baile de formatura que nem era seu e fingindo ser outra pessoa.

                Gia nem se deu ao trabalho de querer saber mais sobre aquele rapaz que aceitou acompanha-la e fingir ser seu – agora ex – namorado. A única coisa que importava naquele momento era mostrar a Jules que ela estava errada e que possuía sim um namorado que estudava em outra cidade sim e não era a mentirosa que a acusava ser – ou melhor, não era antes. Ela não esperava que o rapaz ao seu lado fosse tão convincente, mas a cada vez que a olhava ou falava alguma coisa parecia estar realmente apaixonado por ela, e de uma forma que nem ela entendia isso a agradava ainda mais do que estar ali com o verdadeiro Bradley.

Você alimenta a confiança dele, e ele diminui a sua ansiedade. Quando se encontra alguém assim, não se pode desistir com tanta facilidade.

                Mas como toda mentira tem perna curta, quando a irmã dele o vê em pleno baile ela resolve ir tirar satisfações. Tentando evitar que o disfarce acabasse ele vai até ela para tentar fazê-la cooperar, mas suas amigas vendo a cena de fora e não conhecendo a verdade acreditam que ele estava a traindo. Esperando pela desculpa ideal para criar uma cena e terminar com a farsa – afinal era apenas para mostrar que Bradley existe (?!) – ela utiliza esse momento e o afasta não permitindo que ele se despeça dela e nem que haja uma forma deles se encontrarem depois.

                Com tudo certo, contando os dias para ir para a universidade com a melhor amiga e ficar finalmente longe de Jules, a vida dela parecia finalmente estar de volta aos eixos; se não fosse pelo detalhe que ela não conseguia esquecer do dublê desde o baile!

                No meio de varias confusões e reviravoltas, veremos Gia se transformar e amadurecer conseguindo finalmente entender mais sobre si mesma - onde ela é mais do que apenas uma menina egoísta, mimada, fútil e popular - e sobre aqueles a sua volta. Ela passará a encarar as pessoas com outros olhos, se verá pelo jeito que nunca pensou ser e aprenderá a ser uma nova e melhor Gia Montgomery. Aos poucos, também, veremos um sentimento bonito nascer entre os dois, onde ambos não sabem o que sentem ainda pelos ex e o que está a acontecer entre eles que parece ser impossível de existir em tão pouco tempo e contato e que no momento não é nada além de uma linda amizade, mas que tem tudo para se transformar em algo mais.

Naquele instante eu entendi o Drew mais do que nunca. Sempre pensei que ele gostasse de criar confusão, mas talvez meu irmão só quisesse expressar uma opinião diferente. E talvez fosse a hora de eu começar a expressar a minha.

                Uma história simples, leve, divertida, fofa e romântica... Ideal para quem é apaixonado por romances e gosta de suspirar com a leitura, rir de montão e ainda aprender a se ver de uma forma completamente nova como até o momento não havia visto! É incrível como muitas vezes convivemos uma vida inteira com pessoas e não as conhecemos enquanto outras entram em  nossa vida para mudar completamente. Uma leitura rápida, com uma escrita gostosa e envolvente, bem desenvolvida e com um enredo encaixado no que se propôs a fazer, essa é definitivamente a escolha certa para quem busca prazer em um livro que te envolva e conquiste seu coração.

— Raramente encontramos profundidade quando a procuramos dentro de nós mesmos. A profundidade é encontrada no que podemos aprender com as pessoas e as coisas que nos cercam. Todo mundo, todas as coisas, têm uma história, Gia. Quando você conhece essas histórias, descobre experiências que a preenchem, expandem sua compreensão. Você acrescenta camadas à sua alma. 
                Leiam, aprendam, parem para se conhecer melhor...  Namorado de Aluguel tinha tudo para ser apenas mais uma obra clichê, mas conseguiu ir um pouco além com uma escrita inteligente e harmoniosa que ensina sobre a vida e sobre cada um. Permita-se embarcar nessa história também e refletir!

P.s.: Não coloquei o nome do outro protagonista pois na história tem toda um mistério envolvendo essa questão e eu me diverti tanto com o suspense que não quis estragar isso para vocês.

P.s.2: O livro ganhou 4 estrelas apenas pelo desfecho que – na minha opinião – poderia ser melhor.

Um beijo 

17 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    Eu gosto muito de romances assim, porém tenho muuuuuuuuuuuuuuuuuitos na lista, então não sei se daria uma chance tão cedo, apesar de não ser um clichê, me parece um tema bastante comum hoje em dia. Mas, quem sabe mais pra frente?

    ResponderExcluir
  2. Oii. Adoro esse tipo de leitura leve, romântica e divertida, mesmo que não seja para curar alguma ressaca literária.
    Já fiquei imaginando as reviravoltas e o desfecho da história. Vou acrescentar à minha lista ;)
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Eu não conhecia a obra, faz tempo que não leio um romance com o trama gostoso como esse. Ultimamente estou fazendo a leitura de livros muito pesados, acho qu esse seria uma boa oportunidade para que eu desse uma descansada. Adoro um clichê, mas o fato do livro correr um pouco desse "gênero" pode ser melhor ainda. Darei uma chance sem sombra de dúvidas, já adicionei à minha lista de desejados e quando surgir a oportunidade farei a leitura ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  4. Olá! Mesmo tendo um quê de mistério, a trama não me chamou a atenção, e mesmo vc dizendo que esse livro não é clichê, não eh mais o meu tipo de leitura, pq parece mais do mesmo.... claro, como Sempre, a veria arrasa na capa, e eu adorei ela, de verdade. Mesmo que eu não lerei, sua resenha Está ótima. Bju

    ResponderExcluir
  5. Olá!! :)

    Eu confesso que não me interessei muito pelo livro, por causa do tipo de romance! Mas ainda bem que gostaste da leitura, a exceção do desfecho!

    Fico contente que tenhas apreciado o suspense a volta do outro protagonista, e que seja um livro bem leve e divertido!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  6. Concordo que o livro tinha tudo para ser clichê, mas tem uma trama muito fofa e reflexiva. Eu adorei ver o amadurecimento da personagem. E amei a escrita da autora, quero muito ler mais obras dela. Li faz um tempinho esse livro, mas fiquei com vontade de reler, é tão fofinho. <3
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Realmente acharia que o livro seria um grande clichê, mas me surpreendi por ter me interessado tanto na trama ao longo da sua resenha. Achei super divertido e gostei de você ter omitido o nome do outro protagonista pra aumentar o mistério hahaha
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  8. Li Namorado de Aluguel ano passado, logo depois do lançamento. Eu adorei o livro, é bem divertido e muito fofo. Quero muito ler outro livro da autora. Preciso de mais livros como este.

    ResponderExcluir
  9. Oie
    muito legal sua resenha, eu li o livro também e gostei bastante, é bem despretensioso e gostoso então vale a pena ler em um dia de preguiça e gostei muito dos personagens e da narrativa facil da autora

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi.
    Adoro romances assim, leves e despretensiosos, só para relaxar mesmo.
    Só fiquei com um pouco de medo porque você disse que não gostou do desfecho. Detesto quando começo a ler um livro pensando que é leve, só para passar o tempo e depois começa aquele monte de reviravoltas e dramas.
    Mas, como você disse até o final que é um leitura leve, acho que vou ler sim.

    ResponderExcluir
  11. Sabe que me apaixonei à primeira vista por essa capa, mas até hoje ainda não tive oportunidade de ler o livro?
    Agora você aumentou minhas expectativas, imaginava sim uma história leve que me divertiria, mas nunca pensei que o livro pudesse ensinar sobre a vida e sobre cada um.
    Pena que o desfecho poderia ser melhor, mas mesmo assim gostaria de ler.

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Eu tenho certeza que me divertiria lendo esse livro. Gosto de Chick-lit e uma historia recheada de confusões e reviravoltas é o prato cheio pra boas gargalhadas. Gostei da resenha amei a dica.
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Eu tenho esse livro aqui mas não consegui ler até agora, apesar de estar morrendo de curiosidade e gostar muito do gênero. Acredito que essa é uma leitura para ser feita entre algumas bem pesadas, para nos dar aquela leveza de vez em quando. Adorei poder conferir a sua resenha!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Já li esse livro e posso dizer que nossas impressões foram bastante similares. Achei muito bacana a forma como a autora fez a protagonista amadurecer que, confesso, me irritou no começo por suas escolhas que pareceram tão erradas.
    Fiz essa leitura em pouco tempo e recomendo.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  15. Oi, particularmente tenho certo receio de tramas adolescentes, mas confesso que tenho bastante vontade de ler esse livro e de acompanhar cada uma das confusões geradas por essa mentira aparentemente inofensiva. Também gostei de saber que a protagonista tem um crescimento perceptivel, isso é sempre muito importante nos livros.

    ResponderExcluir
  16. Li já outras resenhas desse livro e não me interessei muito. A capa é bonita, mas não me agrada a premissa. Provavelmente por eu não ser uma apaixonada por romances, como você disse que o livro é o alvo perfeito. Talvez pela evolução da personagem principal acabe até sendo interessante, mas não estou no momento dele.

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  17. Oie!
    Não entendo como passei esse livro para depois na minha lista! Adoro romance ainda mais quando falam do crescimento do personagem, pois isso reflete como devemos ser: pessoas amadurecendo dia após dia.
    A capa é linda e sem dúvida, tanto pela história quanto pela capa, adoraria tê-lo na minha estante rsrs.
    Bjs.

    www.salaliteraria.com.br

    ResponderExcluir