Crítica: Power Rangers

|

O Brooke Bells está nostálgico. As crianças da década de 90 - sou uma delas - sonhavam com o dia em que viriam ser tornar Power Rangers. Com a ameaça, digo o lançamento, batendo à porta é hora de morfar e ir até o centro de comando - cinema - para ver a nova missão.

O enredo irá contar a jornada de cinco adolescentes da Alameda dos Anjos que são escolhidos para se tornarem os novos defensores da Terra - conhecidos como os Power Rangers - contra as ameças causadas pela vilã espacial Rita Repulsa.

A trama pode parecer familiar para os mais antigos - já que é baseada na temporada Mighty Morphin - porém com uma versão atualizada. Entretanto, as modificações feitas não alteraram a essência apresentada na série e poderá deixar os fãs nostálgicos além de agradar os mais novos.

Há elementos novos, pensados para auxiliar na narrativa e apresentar este novo (antigo) mundo - afinal é complicado apresentar a história sem ambientar. 


Jason - Ranger Vermelho, Zack - Ranger Preto, Billy - Ranger Azul, Kimberly - Ranger Rosa e Trini - Ranger Amarela são interpretados por Dacre Montgomery, Ludi Lin, RJ Cyler, Naomi Scott e Becky G respectivamente.


Zordon é interpretado Bryan Cranston, serve de mentor aos novos Ranger. O personagem tem um background porém foi mal explorado. Além de aparecer poucas vezes em cena. 


A vilã Rita Repulsa é interpretada pela Elizabeth Banks - tem um background também que não foi tão explorado quanto o do Zordon, porém por ser uma personagem chave seu tempo de tela é maior.

Para finalizar, vale ressaltar a atualização dos Bonecos de Massa que fazem parte do exército dela.

Go... Go... Power Rangers!

17 comentários:

  1. Olá,

    Eu smo Power Rangers, mas ainda não tive a oportunidade de assistir ao filme. Fiquei bem a vontade lendo a sua crítica, não tem spoiler da trama e criticou sem desanimar os interessados, amei. Devo assistir semana que vem, assim que eu assistir compartilho com você o que achei do filme! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Eu também, foi uma das primeiras séries que vi quando criança; eu me divertia. Agradeço o elogio para a minha crítica; espero que curta ver o filme.

      Legal! Estarei esperando!

      Excluir
  2. Oi, Brooke!
    Power Rangers é infância! Estou com muito medo do filme perder a essência de que me lembro. Tem coisas que ficam melhor lembradas do passado. Então ainda não sei se irei assistir, mesmo que você esteja mais atualizado, mas com aquilo que já conhecemos do original.
    Ainda assim, obrigada pela dica!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cris,

      Aqui é o Henrique. Bom, para mim que vi quando passou na Globo não perdeu a essência.

      Entendo.

      Até a próxima!

      Excluir
  3. Oie!
    Estou tão animada para ver esse filme! Minha infância toda foi baseada em ver Power Rangers na hora do almoço (saudades ser a Amarela). Tenho medo do filme ter perdido aquela dinamicidade que tinha na época, mas se tem a Elizabeth Banks no elenco já sei que vai valer a pena. Mesmo tendo pontos que parecem não terem sido muito bem explorados quero ver muito!
    Gostei da crítica.
    Beijos!
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Que legal! Caramba, que infância excelente; não é mesmo? Como assim você não brigava para ser a Rosa? A sua equipe devia gostar muito de você por causa disso? Não acho que tenha perdido, apesar de saber tudo que ia acontecer. Ela é uma mulher multitalentosa, nem consigo acreditar que ela é ela nos diversos filmes que está mais caracterizada.

      Agradeço o elogio a minha crítica.

      Beijos!

      Excluir
  4. Oie, tudo bom?
    Gente, eu acho que sou um et. NUNCA curti Power Rangers! Só conheço porque meus amigos sempre assistiram ,mas eu nunca me interessei pela saga! Sou louca pela Liz Banks, então eu dê uma checada rápida pra vê-la sendo maravilhosamente perfeita no filme, de resto, passo a dica ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Tudo bem e você?

      Bom, só acho que seja a Rita Repulsa (ela também não curtia os Power Rangers). Entendi, tudo bem...

      Beijos!

      Excluir
  5. Oi, tudo bom?
    Eu fui uma criança dos anos 90 e estou bem animada para assistir ao filme com o namorado. Parece que ficou bem incrível, mas claro que não se compara ao que era nos anos 9 né? Adorei a resenha.

    Beijos, Rob
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem?

      Sério? Eita, mais uma entregando a idade (kkk). Vale a pena! Não mesmo, até por que os anos 90 eram uma mistura entre a versão com os atores (EUA) e as cenas de luta em geral eram da série japonesa (sim, eles tem uma versão Oriental - que é a original).

      Agradeço!

      Beijos!

      Excluir
  6. Olá! Com certeza um dos meus filhos vão ficar animados para assistir o filme! Já para mim é novidade!! Rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Acredito que eles vão curti. Apesar de conhecer toda a saga Mighty Morphin, para mim também foi novidade certos detalhes.

      Beijos!

      Excluir
  7. Olá Henrique,
    Lembro que o ponto alto da minha infância era assistir Power Rangers. Quando soube dessa atualização fiquei ávida para assistir, mas ainda não surgiu a oportunidade.
    Gostei de saber que, apesar da atualização, o filme não mudou a essencial dessa história que tanto gosto.
    Claro que vou anotar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Que legal! Assim não me sinto sozinho (risos). Realmente, tiveram algumas modificações, mas ficou interessante. É claro que na série você consegue colocar mais personagens porém em um filme inicial é impossível, por isso há algumas alterações...

      OK!

      Beijos!

      Excluir
  8. Oiee, tudo bem? Minha infância foi assistir Power Rangers, era viciada <3 Quando vi sobre esse filme fiquei mega empolgada, mas ainda não tive a oportunidade de conferir. Adorei sua crítica e saber mais sobre esse enredo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá tudo bem??

    Eu juro que bateu nostalgia e quero ver Power Rangers, saudade de Morfar auahauhauhaua
    Adorei sua critica, mas gostaria de saber o que você achou, além do que se fala a história.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  10. Oii.
    Tambem sou do time das crianças dos anos noventa, mas nunca gostei muito de Power Ranges, confesso que assistia porque não tinha muita coisa para fazer na época.

    ResponderExcluir