Resenha: Magia - Jessica Macedo (2° Edição)

|

                O livro de hoje é um livro pelo qual eu possuo um imenso carinho por ter acompanhado a trajetória da autora desde sua fase independente; e preciso dizer que apesar de a qualidade não deixar a desejar anteriormente, essa nova edição veio agregando uma maior dedicação e repleta da magia que ela merecia! Publicado pela Editora Mundo Uno e escrito pela talentosa Jessica Macedo a obra de hoje é o primeiro volume da trilogia Mística, Magia. E você poderá conhecer todos os detalhes, a seguir:


As pessoas desprezam aquilo que não conseguem entender...
Ela não era normal, e todos sabiam disso... 
Chorar, rir, sofrer por um amor platônico não correspondido pelo vizinho e amigo de infância é normal entre adolescentes de 16 anos. Mas ter olhos lilases, não. Já pensou em como seria ter uma vida assim, sendo uma aberração?
No entanto, a vida de Annabelle está prestes a mudar no momento em que seu pai diz quem ela verdadeiramente é. Será que ela estará preparada para aceitar o que lhe disseram a vida toda, que ela não era normal?

Avaliação: 4,5/5 

É uma verdade universal que todo mundo um dia já quis mudar algo em si; seja querer ter o cabelo cacheado ao invés de liso seja ser mais alta ao invés de ter a altura padrão, em algum momento você já desejou ser ou ter algo diferente do que é/tem.  Mas você já imaginou ser taxado como aberração e ter sua vida transformada em um ciclo infinito de bullying pela cor de seus olhos? 

Eu era aquele tipo de garota aberração. Meus olhos tinham um tom lilás, quase roxos. Algo muito estranho: doença genética, talvez, ou alguma mutação quem sabe!

Anabelle, ou como ela prefere ser chamada Belle, uma típica adolescente de dezesseis anos, é dona de uma beleza sutil e diferente. Motivo de piada e humilhações constantes na escola, ela é tratada como a pior espécie de aberração existente, e vítima de brincadeiras de mau gosto sempre que há uma oportunidade.  Tudo isso se deve ao fato de que sendo obrigada a viver em uma sociedade onde os padrões são o que realmente importam e o diferente é taxado como errado, ser possuidora de olhos lilases não é nada fácil! O que só se torna ainda pior quando você parece atrair para si todos os desastres possíveis do universo...

Disse que meu dia já estava ruim? Pois é, ficou pior. Eu estava completamente ensopada e meu cabelo chegava a pingar com a água suja da rua. Juro que, se pudesse, mataria o filho da mãe que fez aquilo comigo.

Richard é o único – e melhor - amigo com quem ela pode contar e que não a trata diferente pela sua “anormalidade” – digamos assim.  Vizinhos, ambos tendo que lidar com a figura paterna ausente, e se conhecendo desde pequenos fez com que eles se tornassem inseparáveis desde então, nutrindo um pelo outro um carinho mais do que especial; o que no caso de Belle vai bem além de uma simples amizade o que obviamente ele nem desconfia. No entanto, ao mesmo tempo que ele são muito parecidos em diversos pontos, eles divergem em diversos outros; enquanto ele é o típico garoto popular que arranca suspiros das garotas e causa inveja nos rapazes, e tem a namorada mais popular e bonita da escola, Linda, ela é apenas a ET que todos querem distancia e que sofre por ser quem é e por amar quem não a ama.

Até o nome da garota dizia que ela era bonita. Como competir com alguém assim?

Enquanto sua mãe tenta sempre a animar e incentivá-la, seu pai com sua ausência pelas infinitas “viagens” a trabalho faz com que ela tenha um relacionamento conturbado e de ódio por ele. Sentimentos causados pelas constantes visões de sua mãe cabisbaixa - com saudades dele – pela falta de convivência e por ela o culpar por ser possuidora desses olhos tão diferentes assim como os dele que a impedem de ter uma vida normal. Mas quando uma revelação é feita mostrando o verdadeiro lugar a qual ela pertence, Belle finalmente passa a entender tudo que acontece a ela e se vê finalmente pertencente a um lugar. 

Como era de se esperar, nada havia mudado.  As mesmas pessoas, os mesmos olhares, como se eu fosse a coisa mais assombrosa do mundo (talvez eu fosse, mas isso não vinha ao caso). Porém, eu não era mais a mesma. Quem sabe fosse porque havia encontrado uma razão para a minha vida. De alguma forma, em algum lugar, eu não era essa aberração que todos diziam.

Vinda de uma linhagem mágica antiga e poderosa, Anabelle terá que aprender a lidar com o que é capaz de fazer e aprender mais sobre quem é e sua verdadeira história. Para isso poderá contar com uma pequena e esperta mentora, que a ensinará como sobreviver ao que vem pela frente! Apesar de tudo parecer exatamente igual, ela se sentia diferente, pois pela primeira vez na vida ela fazia questão de concordar: ela é diferente e estava amando cada segundo disso!

– O diferente nem sempre é aceito, Annabelle. Mas isso não quer dizer que ele seja feio. E, particularmente, os seus olhos são lindos. – Ele passou a mão no meu rosto, retirando os óculos. – Não acho que você deva escondê-los.

                Magia é o primeiro livro da Trilogia Mistica que atualmente está sendo publicada pela Editora Mundo Uno. Preciso falar que como já havia tido contato com a obra eu fiquei receosa de que não fosse aproveitar tanto quanto quando li pela primeira, mas fiquei feliz ao concluir a leitura me sentindo satisfeita de ver voltado a esse mundo mágico e repleto de perigos que em um primeiro olhar parece inofensivo.


No entanto, é claro que tenho algumas reservas quanto a diversas atitudes da Anabelle no percorrer da história onde, em diversos momentos, ela age com uma imaturidade que não condiz com sua idade. Claro que em várias dessas atitudes nos conseguimos identificar como típicas de um adolescente, até porque quando se tem 16 anos, tudo ganha uma escala muito maior...  Mas vê-la se lamentando porque o Richard não gosta dela da forma que gostaria sem fazer nada para mudar é algo que realmente tem horas que cansa. Entretanto, essa forma como a autora a criou faz todo um sentido e tem todo um porque no decorrer da história e principalmente na trilogia, onde  fica claro as mudanças e o amadurecimento da personagem durante a trama e principalmente ao se ver em algo que é muito maior que ela mesma. Por isso, por mais que em diversos momentos dê para pegar raiva dela, com o desenrolar do enredo, nos vemos encantados pelo mundo repleto de magia criado para a autora, onde ela nos convida para mais do que acompanha-la durante sua jornada, mas para vive-la junto a protagonista.

A autora tem uma linguagem bem clara e acessível, mas sem deixar a desejar em qualidade de escrita, e é extremamente envolvente. Mesmo se tratando de todo um novo universo, em nenhum momento ela deixa que o leitor fique perdido ou não entenda do que se trata algo e isso é algo muito importante. Não são criados momentos exagerados de tensão na história, mas não deixam de transmitir a emoção que o momento pede. E definitivamente não fazem quem lê o livro se sentir indiferente, seja gostando ou odiando sua história, você terá algo a falar sobre ela.

Recomendo a leitura desse, mas principalmente dos próximos volumes, onde vocês conseguirão encontrar uma Anabelle mais madura, mesmo que ainda tenha seus deslizes. Esse não é o meu livro favorito da série, mas é um que com sua história leve sempre consegue me fazer sentir bem e mais próximo do meu eu criança que ainda se encanta com a magia e em descobrir novos mundos.


Quanto à edição, ela está incrível. Rica em detalhes desde a capa até as mudanças de capítulo, ela encanta com sua delicadeza e charme e te faz deseja-la em sua estante apenas pela beleza. Foi uma diagramação feita onde a editora e a autora realmente pensaram em cada pequeno detalhe para poder entregar apenas o melhor para vocês!

Para aqueles que acham que se tornar um bruxo, e controlar todos os poderes, é algo fácil, irão notar que pode ser bem mais complicado e perigoso do que parece. Acredito que essa é a maior diferença dos outros livros de magia que existem por ai, aqui ela será exposta ao perigo real, onde nada é brincadeira ou um sonho de se tornar uma bruxa e ter poderes... Aqui tudo é extremamente perigoso e pode ser mortal basta que um errinho ocorra.Trecho retirado da resenha feita com a primeira edição.  
               
Um beijo



15 comentários:

  1. Olá
    Adorei poder conferir suas impressões a respeito desse livro. É um título que já esta na minha lista de desejados, e depois porque só leio bons comentários, assim como na sua resenha, que me deixou ainda mais motivada e instigada para conhecer essa trama, que parece ser bem envolvente, heim?! Acho que irei adorar e não vejo a hora de ter meu exemplar em mãos! Apaixonada por essa capa!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. A arte gráfica do livor está linda mesmo e só por causa deste capricho, eu leria lindamente. O fato do livro ser maravilhoso, como você descreveu, me deixa ainda mais animada em fazer esta leitura o mais rápido possível.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Não fiquei curiosa pra ler essa história, pois acho que os detalhes que você citou, como a imaturidade da personagem (mesmo que condiz com a idade) me incomodaria bastante. Mas bom saber que nos próximos volumes isso muda.
    Obrigada pela dica, mas vou passar dessa vez.

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  4. “Até o nome da garota dizia que ela era bonita. Como competir com alguém assim?” me lembrou MUITO da Belle, personagem da Disney, pois tem uma parte da música que diz exatamente assim: "There is no wonder why her name is beauty-Não há dúvidas do porque seu nome ser Bela"! Ou seja, já imaginei a protagonista como a Emma Watson com olhos púrpura. Quero ter a chance de ler em breve a obra!!

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    O típico livro que eu leria só pela capa, mas lendo a sinopse fiquei ainda mais interessada, é fato que todo mundo quis mudar algo em si algum dia. Achei a ideia sensacional e já anotei no Skoob.
    Beijos
    www.estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Amei a resenha e já salvei aqui pra adquirir o livro assim que tiver oportunidade. Gostei muito da premissa do livro, nunca tinha ouvido falar dele mas parece ser muito interessante. Realmente, sempre queremos mudar ago em nós, quero ver como a personagem vai lidar com tudo isso. E paixão pelo melhor amigo? AMO, com certeza irei amar haha, obrigada pela dica. ♥

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Eu ainda não conhecia essa obra, mas fiquei morrendo de vontade de comprar só por essa capa, que está maravilhosa. Acho que essa imaturidade da personagem em relação ao Ricardo não me irritaria justamente se estivesse nesse contexto: que futuramente mostrasse o quanto ela amadureceu. Adorei a sua resenha e estou bem curiosa para realizar essa leitura, espero curtir tanto que nem você.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem? Não conhecia esse livro, mas dá para notar que essa edição ficou bem mais interessante que a outra hahaha. Suas fotos estão lindas.
    Quanto ao livro, não me sinto muito atraída, porque não curto muito o gênero, então dessa vez deixo a dica passar. Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?
    Não conhecia esse livro ainda, mas essa edição maravilhosa já me conquistou. Adorei as suas fotos e, mesmo se não tivesse me interessado por nada no livro, só elas já seriam o suficiente para me deixar com vontade de ler.
    Eu gosto muito de livros de fantasia e achei a premissa desse bem legal, então, espero ler em breve.
    Adorei a sua resenha e já anotei a dica!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Hey, como vai? Adorei conhecer o livro. Achei a premissa bem interessante e essa capa é belíssima. No momento não estou muito no clima do gênero, mas anotei a dica. Provavelmente teria problemas com essa protagonista também. Sua resenha ficou ótima!! <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oie! Tudo bem?

    Já li outras resenhas sobre esse livro, mas infelizmente ele continua a não me chamar a atenção, tirando que as capas da trilogia me lembram demais as capas de outra trilogia, ou seja, meu pé está bem atrás com essas obras, mas fico feliz que tenha gostado da leitura, quem sabe um dia eu também não leia o livro!

    Bjss

    ResponderExcluir
  12. A nova edição está bem caprichada mesmo. Eu não curto fantasia, é raro alguma chamar minha atenção, apenas por esse motivo eu não leria. E que bom que foi um (re) leitura prazeros, apesar da pequena ressalva em relação às atitudes de Belle.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá!!
    Nossa achei a edição do livro bem fofinha.
    Eu não sou de ler muito fantasia, mas quem sabe, né? Sua resenha deixou-me bastante curiosa.
    Dica anotada!!
    Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Tenho que concordar que a edição está mesmo um amorzinho, adorei as fotos! A história tem muito potencial, mas esse exagero adolescente pra reagir às coisas é algo que realmente me desmotiva, não tenho muita paciência para protagonistas assim, então acho que vou deixar passar essa. Mas adorei sua resenha!
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  15. Vi o livro em outros locais e a capa sempre me agradou bastante.

    A história ao mesmo tempo que me agrada, eu fico em dúvida. Gosto de fantasia, mas não sei se me deixaria encantar por Anabelle pelo desejo de romance e a imaturidade... Não sei, por enquanto fico em ciam do muro quanto a leitura deste livro!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir