Resenha: O Cobiçado - Mari Scotti

|

                Imagine perder tudo aquilo que você sempre achou certo na sua vida... Agora junte isso a um sucesso grandioso graças a essa situação. Quando a vida resolve mudar o destino das pessoas, será alguém capaz de escapar? Confiram um pouco sobre a obra O Cobiçado, uma história onde corações partidos e música irão se interligar de uma forma surpreendente e apaixonante nessa história de tirar o folego escrito pela talentosa Mari Scotti.


  Vinte e quatro mulheres à sua disposição. Um coração incapaz de ceder.

  Rohan Sen é um solteirão convicto, vocalista da Four River, uma banda de   rock conhecida internacionalmente. Galã nas horas vagas (e nas ocupadas  também), desistiu do romantismo após ser largado no altar em rede  nacional.
 Tudo estava bem, até que foi convidado para ser o astro de "O Cobiçado", um  novo reality show.

 Aillen Kern encontrou na voz rouca de Sen, um bálsamo para as dores da  perda. Após a morte de seu noivo, ela se entregou ao luto, trancando seu  coração, mas não o seu amor pela música.
Só não esperava ter a chance de conhecer seu ídolo, um dia. Menos ainda participar de um programa em busca de um novo amor, algo que ela decidiu nunca mais procurar.

Encontrar o amor em um programa de TV parece improvável, mas a vida pode surpreender.

Avaliação: 5/5 estrelas


                Ser abandonado no altar nem sempre tem seus pontos ruins; para Rohan Sen, e principalmente sua banda Four River, esse acontecimento foi essencial para uma carreira de sucesso e fama. No entanto, isso não significa que seja fácil, principalmente ao ver sua noiva Gisele te largando e fugindo para ficar com seu até então melhor amigo Hugo bem na hora de dizer sim. Determinado a não se entregar mais a ninguém, Rohan decide ali na igreja fechar seu coração e passa a compor as melhores músicas de sua carreira o levando a um sucesso sem fim.

"Enquanto seu mundo corria pelo corredor central, ele a seguia com o olhar embasbacado, confuso. Incrédulo. Hugo disparou um olhar de desculpas e se apressou a alcançá-la."

                Allien Kern é uma jovem bonita e talentosa que sonha um dia ser reconhecida por sua música e poder trabalhar com o que gosta. Enquanto espera que seus vídeos na internet alcancem o sucesso que almeja e precisa para poder se sustentar com a música, e uma vez que as contas não se pagam sozinhas, ela trabalha em uma empresa de telemarketing com suas duas melhores amigas (amigas que toda garota merecia ter).

 No entanto, apesar de não demonstrar constantemente e por fora parecer uma garota simples e com uma vida mais do que boa, Allien tem que conviver diariamente com um fantasma da perda que teve e que a fez – e ainda faz – ela sofrer a cada minuto que respira. Não querendo sentir a dor da perda nunca mais, principalmente quando seu amor foi arrancado de si de forma tão trágica e inesperada em um naufrágio, ela promete a si e a Juliano que não irá mais se envolver com ninguém e tranca seu coração para todos.

"Nem ao menos uma viúva ela tinha o direito de ser, era apenas a noiva que agora estava sozinha. Aillen não existia mais. Não sonhava mais. Não sorria mais. Sua vida afundara com ele naquele navio."

                Agora, além de todo o luto que carrega em si, ela tem que descobrir uma forma de lidar com a iminente divida da casa de seus pais que só aumentam e faz com que eles corram o serio risco de perdê-la. Em um dia aparente normal, ao estar atrasada e correndo para encontrar suas amigas para o almoço antes de ir para trabalho, ela jamais esperaria encontrar alguém por quem é completamente fã. Então quando reconhece Rohan da banda Four River parado ali a ajudando a recolher seus pertences que ele mesmo havia derrubado, ela tenta não agir como uma fã maluca agindo de forma madura e contida para evitar criar uma cena e atrair a atenção de todos a sua volta.

"O acaso, porém, a fez esbarrar em um dos cantores que ela mais admirava, tanto pela carreira internacional, como pelas letras de suas músicas, em sua maioria, melancólicas e que continham verdades: a vida não era maravilhosa e a música não precisava mostrar nada diferente."

A atitude contida da até então desconhecia, surpreende e intriga Rohan de uma forma que há muito tempo não acontecia, afinal já faz algum tempo que ele não lembra o que é estar perto de outra pessoa e se sentir normal ao invés da estrela da banda, o faz repensar sobre a proposta que havia recebido a pouco e que quase o faz bater em seu melhor amigo, Teobaldo.

Teobaldo é o atual presidente da RBTV e um dos melhores amigos de Rohan; sempre preocupado em criar novos programas e atrações para aumentar a audiência da emissora ele finalmente está seguro de ter encontrado a série perfeita para movimentar as coisas. Sua brilhante ideia? Criar um Reality Show onde vinte e quatro lindas mulheres irão disputar o coração do rockstar Rohan para tornar-se a sua mais nova noiva. Incrível e um sucesso, certo? Agora ele só precisaria insistir um pouco mais com seu amigo que ao contrario dele não parecia nada animado com a perspectiva.

"Não, a ideia surgiu enquanto eu assistia Jogos Vorazes. - Pareceu sincero. Diante do olhar incrédulo do cantor, o homem sorriu. - Imagine vinte e quatro mulheres em uma casa, disputando um homem só? Ainda este sendo rico, famoso, talentoso e bonito? Será ou não uma arena de combate?"

É apenas depois do inesperado encontro com a jovem que ele veio a descobrir se chamar Allien, após ela ter deixado cair seu crachá da empresa, que Rohan decide aceitar participar dessa loucura deixando claro algumas regras as quais ele não abriria mão.

O destino, vendo mais uma oportunidade de interligar o caminho dos dois, faz com que Sabrina – a responsável pela organização do Reality Show – seja justamente a pessoa a quem Rohan pede para devolver o crachá de Allien. Vendo o interesse dele nela, e mais do que competente no que faz, ela vê nessa situação espaço para a criação de um pouco de mistério pelo qual ela sabe que o Cobiçado não resistirá. Com tudo esquematizado em sua mente, ela convida Allien para ser uma das 24 garotas do show com uma proposta que a jovem não poderia negar. Mas diferente de todas as outras que estarão por lá, ela não irá revelar quem é e usará sempre algum adorno para esconder sua identidade até que ele descubra sua identidade – algo que ela acha muito difícil de ocorrer.

"A Misteriosa era a única mulher que, quando o chamava de senhor Sen, fazia seu estômago se contrair e agitar-se e, por isso, não a corrigia pedindo que o chamasse de você. E a única, naquela casa, que o colocava em ponto de espernear como um garotinho mimado."

Vinte e quatro garotas então são colocadas para conviver dentro de uma casa à beira da praia e terão a missão de conquistar o coração do Rockstar através de diversas atividades. Durante as próximas semanas, ele terá que sair a passeio com cada uma para descobrir quem dentre todas poderá finalmente ser capaz de ser aquela que irá chegar onde ele jurou nunca mais deixar ninguém se aproximar. Isso, é claro, além de ter que lidar com o mistério envolvendo a garota que mesmo sem ele ver já foi capaz de mexer com seu corpo de forma que há muito não ocorria... Mas será que ele irá conseguir desvendar as charadas sobre quem ela é? E o mais importante, será ele capaz de entregar seu coração para alguma daquelas jovens quando havia jurado não fazê-lo?

"O coração do cantor deu um salto. O passado e o presente se misturaram como se pudessem dar um nó em seus pensamentos. Sentia-se em uma avalanche, pois todos os muros que havia criado ao seu redor pareciam feitos de gelo fino, podendo ruir a qualquer instante. Confiar exigia coragem e deixar-se vulnerável a uma mulher novamente."

Dois corações determinados a nunca mais se apaixonar ou gostar de alguém, um reality show inusitado, duas pessoas completamente diferentes e ao mesmo tempo feitas uma para outra... mas será que eles conseguiram perceber isso a tempo? Às vezes a vida pode surpreender da forma mais inusitada, afinal quando ela está determinada a fazer algo acontecer será alguém capaz de impedir?

O Cobiçado é mais uma obra encantadora da autora Mari Scotti que busca trazer um romance leve e divertido com um toque de música que todos amam. Com personagens  bem construídos ela é capaz de nos fazer gostar ou odiar aqueles que temos contato, mas jamais se sentir indiferente quanto a eles. Prepare-se para se sentir como um telespectador desse Reality Show emocionante e instigante, e para torcer que eles descubram aquilo que fica obvio para todos menos para os dois.

Fofo, romântico na medida certa, bem construído e emocionante até a última linha, esse é o típico livro que encanta o leitor logo na primeira página e que se sente falta ao terminar. Uma leitura rápida independente de seu tamanho e encantador para todos aqueles que iniciam sua leitura. Mais um grande sucesso da autora que vem com uma proposta totalmente diferente de suas outras obras, mas ao mesmo tempo igualmente viciante!

Um beijo

20 comentários:

  1. Música?! Você disse música?! Amo livros que abordam essa temática em suas páginas. E é óbvio me entesei em ler este. E gostei de mais uma coisa, parece ter toda uma trama em volta do tema principal. Pois, nada mais frustrante do que pegar para ler um livro sobre uma temática que se gosta e ver que o livro não tem mais nada a oferecer do que a temática central. Me interessei de verdade, obrigada pela diquita!

    |amorlivresco.wordpress.com|

    ResponderExcluir
  2. Oie! Tudo bem?

    Já li outras resenhas desse livro e todas falaram muito bem, mas ainda não me animei a realizar a leitura de algum livro da autora, mas parece ser uma história muito bem desenvolvida, irei deixar a dica anotada! Quem sabe futuramente eu leia!

    Bjss

    ResponderExcluir
  3. Oie, tudo bem?
    AMO livros que tenham música envolvidas em seu enredo! É simplesmente encantador ver como um dom pode inspirar autores a escrever sobre. E eu já tô amando a idéia de ver esse homem não resistir ao amor novamente. Quero muito conhecer!!

    ResponderExcluir
  4. Eu não sou muito ligada em música, mas o enredo me lembra tanto The Bachelor, que eu adoro, então estou muito curiosa para fazer essa leitura. Acho que acompanhar essa "reality" vai ser muito legal, e como eu já conheço a escrita da Mari, sei que posso esperar uma história divertido e fofa mesmo.

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Oie,
    Sou doida para ler algo da Mari, sempre vejo resenha positivas e pelo que já vi é um estilo que me agrada muito.
    Acho que só a questão do reality me incomodaria um pouco, mas de resto devo adorar. Me aparecer ser um new adult então já ganha pontos por adoro o gênero e o fato de ter ligação com música melhor ainda, pois é outra coisa que amo demais.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Já li algumas obras da autora e estou bem curiosa para ler essa. A premissa dela me atrai muito e acho que ela é bem leve e gostosinha de ser lida, além, é claro, de ter personagens apaixonantes.
    Gostei de saber que essa obra é dosada na medida certa e, por óbvio, vou me valer da dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Que resenha mais amor! Obrigada por gostar tanto do livro!
    beijooo, Mari Scotti

    ResponderExcluir
  9. Nossa é uma premissa no mínimo peculiar, explorando a onda dos tempos de hoje de reality shows, vem com uma proposta curiosa e interessante, despertou minha curiosidade com certeza, boa resenha parabéns!!

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    "O Cobiçado" parece aquela obra gostosinha para se ler entre uma leitura mais densa e outra.
    Tenho lido muito suspense atualmente, então tenho necessitado de uns escapes como esse que por mais que seja leve não perde seu mérito (de maneira alguma), principalmente pelas temáticas que você apresentou, sem contar que é bem atual e instiga a curiosidade.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Eu adorei a premissa dessa obra. Até me surpreendi por isso, pois geralmente detesto romances com protagonistas masculinos que são rockstars por causa dos clichês que sempre encontramos nos livros do gênero. Mas amei a ideia da autora ter colocado um reality show na premissa para 'dificultar' que dois pretendentes fiquem juntos, e já estou ansiosa para ver em como a história vai terminar. Dica anotada!

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  12. Oie...
    Sempre vejo excelentes comentários sobre a Mari Scotti, mas, infelizmente ainda não tive oportunidade de ler... o que é uma pena, pois, pela sua resenha é uma obra que com certeza vai me agradar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oie...
    Sempre vejo excelentes comentários sobre a Mari Scotti, mas, infelizmente ainda não tive oportunidade de ler... o que é uma pena, pois, pela sua resenha é uma obra que com certeza vai me agradar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oie
    que legal sua resenha, já vi outras sobre o livro e fiquei curiosa, acho que ainda não li nada da autora mas morro de curiosidade pelos elogios

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oie
    Eu sou louca pra ler esse livro pois já li dois da Mari Scotti e eu gostei demaaaaaaaais. Tenho certeza que essa também vai me agradar muito.
    Adoro mocinhos postar. .. kkkkk e acredito q vai ser fácil me apaixonar por Rohan.
    Mais uma resenha que me aguçou a vontade de ler esse livro. Parabéns! !
    Bjo

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Esse livro tem cara de ser destruidor de corações! já quero ler ele urgente, adorei a proposta do enredo e to curiosa com o casal, adorei muito sua resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  17. Oiee!!
    Gosto muito de livros que envolvem a música no enredo principal...
    Porém, o fato de 24 mulheres disputarem um cara só não me agrada muito rsrs
    Não sei se eu teria paciência para acompanhar essa história...
    De qualquer forma, obrigada pela dica!!
    Um beijo!

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  18. Oie,

    Não tenho muito o hábito de ler livros que envolvam música, porém o único que li e amei foi A garota italiana, não sei se vc conhecesse. Mas acho que esse tipo de literatura não me agradar, 24 mulheres para um cara, sei lá, me parece meio clichê.

    Beijos o obrigada pela resenha
    Flora Literária

    ResponderExcluir
  19. Oi, adorei saber que é uma obra viciante achei ela com uma proposta super diferente e interessante, principalmente por abordar um reality show. Bom que é envolvente e intrigante.

    ResponderExcluir
  20. Oie,
    já faz um tempão que tenho esse livro no meu kindle, lembro que quando foi lançado os fãs da autora ficaram enlouquecidos e eu bem curiosa, admito. Apesar disso nunca me dispus a lê-lo, na verdade já havia até esquecido dele, mas sua resenha me deixou curiosa novamente, sei que vou encontrar muitos clichês no decorrer da leitura, mas me parece que o romance e a superação de ambas as partes valem a leitura.

    Bjos
    Delmara Silva

    ResponderExcluir