Resenha: O Diário de Giselle - Italo Oliveira

|

                A obra de hoje é uma que eu não poderia deixar de vir aqui falar com vocês por ser extremamente especial para mim - motivo pelo qual eu demorei tanto tempo para conseguir escrever sobre ela. O Diário de Giselle do autor Italo Oliveira é uma história que retrata uma história triste e aborda temas importantes como doenças psicológicas de uma forma realista e ao mesmo tempo sensível, promovendo ao leitor uma reflexão sobre um tema que muitos consideram ser um drama adolescente e que vai muito mais além. Nessa releitura do ballet de Giselle, prepare-se para encontrar lições importantes, muito sofrimento e o mais importante: a verdadeira força de amor. Giselle será capaz de ir até o fim por aqueles que ama, seria você capaz de fazer o mesmo?


"O Diário de Giselle" é uma releitura moderna do balé "Giselle", do autor Théophile Gautier. A história de uma jovem que encontrou um grande amor, mas recebeu a morte como presente, será contada de uma forma que você nunca imaginou antes. Prepare-se para muitas emoções com "O Diário de Giselle".


Espero que você possa escutar toda a minha história. Adianto a você, essa não é uma história de amor, e sim a história de como eu morri.

                Muitas pessoas possuem aversão pela solidão, morrem de medo de estarem sozinhos e sem contato com a civilização. No entanto, algumas pessoas sentem-se melhor quando estão sozinhos, onde, apesar de taxados como antissociais, encontram em outras formas a companhia que muitas vezes lhe faltou na vida “real” ou que pessoas “reais” não foram capazes de proporcionar. Giselle nunca teve a chance de ter uma relação com seus pais; criada pela sua avó desde cedo ela aprendeu a encontrar nas histórias lidas e na solidão aquilo que a fazia bem. Sua mãe, uma bailarina, havia a tido cedo demais fazendo com que a deixasse para seguir carreira; já seu pai era alguém que ninguém falava sobre e sobre quem ela nunca teve muito interesse em saber mais.

Eu não me importava tanto com o contato físico, na realidade, até preferia ficar sozinha. Era como se o mundo fosse só meu, como se os personagens dos livros que lia se tornassem reais e fossem meus melhores amigos.
                Agora, anos mais velha, e já veterana na faculdade, Giselle tem que lidar com os desafios que a vida adulta traz... Com a ajuda de seu padrasto, ela conseguiu ajeitar um pouco de sua vida quando sua mãe veio a falecer, no entanto, a dor dessa perda insistia em acompanha-la a cada dia doze de junho, fazendo reviver seus mais profundos fantasmas.

                Apesar de sua falta de contato humano, Giselle foi agraciada com a presença de Adam, seu melhor amigo e seu completo oposto, em sua vida. Nerd ao extremo e mais animado ainda, ele não perde a oportunidade de arrastá-la com ele para os mais diversos lugares, transmitindo luz e alegria por onde passa e encantando a todos ao seu redor. No entanto, apesar de ama-lo, Gi possuía alguns momentos em que desejava que ele fosse apenas um pouco menos do que é, como por exemplo ao vê-lo arrasta-la para um show justamente no dia de aniversario de sua mãe.


                Odiando locais barulhentos e repletos de luz desnecessárias, Gi se vê completamente perdida quando seu amigo se afasta sumindo com algumas garotas na multidão ali presente. Esperançosa de que alguma coisa magicamente acontecesse que a fizesse se divertir e a empolgasse como a vários que estavam ali presente, ela se dirige ao bar... Mas o que parecia apenas uma escolha inofensiva se torna seu pior pesadelo ao ser abordada por um cara que não sabia simplesmente se afastar ao ouvir um não.

Fechei os olhos rapidamente. Estava com tanto medo, com tanto nojo, e eu não conseguia fazer nada. (...) Minha visão começou a escurecer, já não conseguia me segurar. Eu não ouvi mais nada.

                Acordando em um hospital depois do episódio de pânico gerado por uma doença que possuí, ela não entende o que aconteceu e nem quem foi aquele que a ajudou no meio do caos. Determinada a não deixar que aquele desconhecido pague por remédios para ele, Giselle vai atrás dele, mas jamais imaginaria o que está por vir ou que segredos, Julian, traz consigo.

                A única coisa que Giselle quer dele é distancia, mas Julian não parece compartilhar do mesmo desejo. No meio de segredos e descobertas, o futuro e o passado se juntarão em um presente de tirar o folego, eletrizante e apaixonante... Prepare-se para ser arrebatado, surpreendido e tente descobrir, se for capaz, o que o passado tem a dizer sobre dois jovens que aparentemente não tem nada em comum, mas cujas vidas irão se entrelaçar de uma forma incapaz de separar. A morte é uma certeza, mas o caminho até ela só lendo para descobrir!

- Lembra quando eu disse que você não podia se apaixonar por mim? – perguntou ele, cochichando.
Assenti rapidamente.- Eu retiro o que disse. – prosseguiu. – Você vai se apaixonar por mim em cinco passos.

Através de seu diário Gi nos contará coisas que só ela sabe sobre si mesma e sobre aquilo que ela não entende. Leia as entrelinhas, observe atentamente, vejo o que a história tem a dizer, junte as peças, se desafie... será você capaz de descobrir o que a história tem a dizer?

Quanto mais eu tentava me soltar, gritar, espernear, mais as labaredas vivas me consumiam, fazendo-me cair em um lago sombrio, cheio de lembranças assombrosas e pesadelos que outrora estavam escondidos.
Tudo voltou a ser um borrão. Um vácuo. Um buraco negro. Minha mente.

Em uma sociedade com o costume de romantizar doenças psicológicas O Diário de Giselle vem para mostrar a seriedade delas e o quão difícil é viver quando se é possuidora dela.  A Síndrome do Pânico, que já atinge mais de 280 milhões de pessoas e que é considerada como o mal do século, é mostrado em sua trama através de uma protagonista real criada pelo autor Italo Oliveira como uma forma de conscientizar e mostrar aqueles que sofrem que eles não estão sozinhos e que não são culpados por nada.


Profundo, intenso, o Diário de Giselle vem para mostrar uma realidade na sua forma mais pura e cruel. Onde as coisas não são belas ou perfeitas, mas são necessárias para fazer todos entenderem o verdadeiro amor e o que uma história escrita em um diário tem a revelar. Fique atento aos detalhes, prepare-se e principalmente se deixe envolver nessa história capaz de atrair a todos e ensinar uma importante lição sobre a vida e a morte.

Um beijo

Ps.:  A história está atualmente sendo publicada na plataforma Wattpad e já conta com 16 capítulos postados. Acompanhem <3


18 comentários:

  1. Olá
    Parece ser uma trama mais realista, pelo que pude compreender, e eu gosto de histórias assim. Adorei poder conferir suas impressões, e fiquei motivada para conferir. Parece ter uma mensagem central ótima. Muito bom saber que está sendo publicada pelo wattpad, e com certeza irei procurar para acompanhar.
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  2. Oi Brooke!

    Tudo bem? A história de Giselle parece ser absolutamente tocante: não ter convivido os pais e por isso ser criado por sua avó. A história de a mãe tê-la tido cedo demais e ninguém falar sobre o pai é dolorosamente real e acho que por isso o livro entrega um romance mais realista e menos idealizado. Gosto muito de obras literárias cuja fantasia se baseia na realidade.

    Gostei muito de saber que a obra é profunda, que trata bem dos dramas da personagem e pois gosto de livros que me façam refletir sobre situações que nunca vivenciei, mas sem dúvida que mais chamou a minha atenção foi a seriedade em se tratar da Síndrome do Pânico que é uma doença terrível.

    Você com certeza me convenceu a ler e eu vou procurar os capítulos no Wattpad. Sua resenha ficou absolutamente maravilhosa. Parabéns!

    Beijinhos - Jessie
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Brook!

    Primeiramente gostaria de dizer que sua resenha ficou maravilhosa e de cara despertou a minha vontade de ler o livro.

    Gisele parece ser uma daquelas personagens que já nos ganha logo no início do livro, com todo a sua história de vida e ainda tem que lidar com a Síndrome do Pânico. A forma como isso é retratado no livro é que me deixou mais curiosa uma vez que eu concordo com você: hoje em dia livros, filmes e séries têm a péssima tendência a romantizar e glamorizar quadros de doenças psicológicos, como se fosse muito legal vivenciar aquilo no seu cotidiano.

    Bom, em tempos onde reflexões são muito bem-vindas acho que este livro pode ser uma ótima forma de propor uma mudança em algumas visões. Certamente vou ler sim e muito em breve.

    Aninha
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Não conhecia o livro, mas achei bem profunda a premissa. Realmente nossa sociedade não trata com tanta seriedade as doenças psicológicas e que bom saber que o livro traz com seriedade este tema. Fiquei bastante curiosa quanto ao desfecho e o que acontece com Giselle, sem dúvidas pretendo ler. Adorei a resenha!

    www.virandoamor.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, gostei muito da premissa da história, principalmente porque nunca li uma história que falasse sobre esse tema. Quando li o titulo, pensei que era bullying e tal, mas é algo totalmente diferente do que imaginei. Eu acho que vou dar uma lida na história, visto que é uma leitura que se aproxima demais da realidade e serve tambem pra conscientizar.

    www.porredelivros.com

    ResponderExcluir
  6. Uauuuuu, não conhecia o livro e já quero ler o livro agora!!!
    Imaginei a cena dela em um ambiente barulhento sem a referencia do amigo e acho que os livro irá me envolver fortemente.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Nossa! Gostei muito da premissa e ainda mais da protagonista e seus problemas! O que contribuiu também foi as escolhas dela e o que o autor abordará: a síndrome do pânico, nunca tinha me deparado com tal abordagem!
    O que me ainda mais motiva para querer conferir é saber que está sendo lançado no wattpad! Obrigada por essa informação e dica!

    ResponderExcluir
  8. Oie...
    Adorei a sua resenha!
    Não conhecia a obra, mas, fiquei bastante interessada na obra ;)
    A premissa me atraiu bastante e acho que é exatamente o livro que preciso ler no momento. Acho que vou gostar!

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Uau! Que estória!!!
    Fiquei curiosíssima para saber o que acontece à Giselle e também já sinto pena por ela pois saber que o personagem está condenado a morrer desde o início me deixou na bad. Sua resenha foi ótima!

    ResponderExcluir
  10. Olá!!
    Não conhecia essa estória e nem o autor e fiquei bem curiosa pra saber mais sobre Giselle e sua vida. E principalmente sobre Julian.Não costumo ler nada no Wattpad..tenho que mudar isso e começar a dar umas voltinhas lá ^^

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2017/04/resenha-o-sol-tambem-e-uma-estrela.html

    ResponderExcluir
  11. Ai, que legal!!! Nunca vi um livro que falasse sobre síndrome do pânico, nunca mesmo. Super leria só por esse motivo, mas confesso que outras coisas não me agradaram muito, como por exemplo esse lance do mocinho que aparece cheio de mistério. Ao mesmo tempo que esse mesmo fator me deixou curiosa hahahaha. É que já vi tanto isso em romances bobos que fico com pé atrás quando me deparo com esses elementos...

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  12. Olá,

    Não conhecia esse livro e fiquei muito interessado, o assunto tratado e o fato de ser intenso chamou muito a minha atenção, principalmente por retratar muito a realidade de muitas pessoas. Adicionei na minha lista de desejados e irei fazer a leitura assim que possível! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Ainda não conhecia essa obra, mas fiquei muito interessada por abordar a Síndrome do Pânico de uma maneira tão humana assim. Não tenho o costume de ler no Wattpad, mas esse me chamou tanto a atenção que estou morrendo de vontade de ir lá conferir.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oie! Tudo bem?

    Não conhecia a obra e muito menos o autor, mas achei a proposta da história muito boa e importante de ser tratada, principalmente para que as pessoas conheçam como a Sindrome funciona, fico feliz que tenha gostado da leitura, irei procurar para ver se encontro o livro para ler!

    Bjss

    ResponderExcluir
  15. Olá.
    Fico impressionada com o tanto de autores talentosos que o Wattpad tem e que muitas pessoas ainda não conhecem, por isso achei tão importante essa sua postagem.
    Gostei muitos dos quotes que você destacou e já vou procurar o livro lá na plataforma.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Adoro livros como esse, principalmente, pela forma como ele parece fazer o leitor pensar e imaginar situações. As pessoas acham que muito do que os outros sofre é apenas drama, mas está além disso, não é?
    Vou tentar ler no Wattpad, apesar de não curtir a plataforma. Acho que vou gostar e super me valer da dica.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Não conhecia a obra, mas fiquei profundamente encantada e impactada. Nem ao menos li o livro, bastou sua resenha pra entender do que se tratava. Um livro delicado, intenso e cheio de apelos. Um grito no silencio por ajuda, uma ajuda que muitas vezes são ignoradas por erros de uma sociedade cega e preconceituosa.
    Amei a dica, adorei a resenha.
    Abs
    nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  18. Nossa que livro intenso!
    Não conhecia está obra.
    Me chamou muito atenção e os quotes ficaram perfeitos!
    O livro parece te trazer Para um patamar de realidade incrível pela tua rsenhas!
    Vou colocar em minha lista infinita de leitura e volto para te dizer o q achei a respeito!

    ResponderExcluir