Resenha: Virando Amor - Isadora Ferreira

|

Imagine perder tudo aquilo que você tem como referencia e ainda ter que recomeçar em um lugar novo longe de todos aqueles que você mais ama e de toda sua história? Recomeçar nunca é fácil, e quando se tem 16 anos as coisas só se tornam ainda pior... Será possível manter sua vida como era a quilômetros de distancia ou novas coisas e pessoas irão encontrar seu lugar fazendo um novo amor ser descoberto? Muitas vezes não entendemos porque certas coisas acontecem, mas uma coisa é certa: elas vêm para nos revelar aquilo que devíamos saber e desconhecíamos;  o livro de hoje é justamente sobre isso, sobre aprender mais sobre si mesma e sobre descobrir como alguma coisa que ninguém esperava acabe virando amor! Escrito pela Isadora Ferreira e publicado pelo selo Talentos da Literatura Brasileira da Novo Século, Virando Amor é uma história que irá te fazer voltar aos tempos de adolescência e descobrir mais sobre o amor e as pessoas de uma forma leve e divertida, mas sem ser infantil! Vem conferir: 




Mudar bruscamente de cidade e passar a frequentar um novo colégio é complicado quando se é adolescente. Ainda mais quando é preciso alimentar um namoro a distância, algo muito desgastante. Priscila tem apenas 16 anos e tem de aprender a lidar com esses sentimentos, e começa a perceber que somente amar alguém não é suficiente para manter um relacionamento.
No entanto, no momento em que se vê perdida e sem ação, ela se dá conta de que a vida em uma cidade grande não é tão ruim e que um novo amor pode surgir diante de tantas descobertas.

Avaliação: 4/5 estrelas


- Você pode escolher quem será a pessoa certa para você, mas não pode escolher quando ela vai entrar na sua vida, e nem ao menos se ela ficará ao seu lado para sempre.

Dizer que a vida de alguém é perfeita é algo extremamente difícil, mas Priscila, aos 16 anos, poderia dizer que possuía uma quase perfeita. Tendo os melhores pais que alguém poderia querer, amigas incríveis e companheiras e o melhor namorado... ela não tinha muito do que reclamar. Pelo menos não até chegar um dia em casa e receber a notícia que teria que se mudar de Curitiba (sua casa desde sempre) e ir para a nova e desconhecida, São Paulo


Odiando a ideia, mas sem conseguir mudar a opinião de seus pais para que ela possa ficar; Priscila terá que deixar suas melhores amigas, seus parentes, seu namorado e todos aqueles que ela conhece desde sempre. No entanto, Gabriel  não quer deixar que isso atrapalhe a relação que eles construíram há muito tempo, e junto a ela, decide continuar com o namoro à distância; algo que está longe de ser simples ou fácil. 

“[...] com os pequenos detalhes as pessoas mostram o que sentem pela gente.”

Ao chegar a São Paulo, ela se sente totalmente deslocada e perdida em um lugar onde não conhece nada e nem ninguém. Tendo que se adaptar a uma nova casa, um novo colégio e novas pessoas só faz com que Priscila queira ir ainda mais todo fim de semana de volta para Curitiba. Mas sabendo que isso é algo inviável ela passa a tentar se abrir para novas amizades conhecendo Carol, Alice e Phelipe; que logo se tornam extremamente próximos, principalmente o último que mora extremamente próximo a ela! 

Aos poucos, sua vida passa a ser cada vez mais em São Paulo, o que a impede de ir sempre para Curitiba. Seu relacionamento com Gabriel também começa a ser algo extremamente difícil e complexo pela falta de contato, principalmente quando ele passa a estar sempre ocupado e não a atende ou responde suas mensagens... Sem falar as diversas crises de ciúmes infundadas por causa de sua amizade com Phelipe! Tornando o relacionamento que antes era uma das melhores coisas da sua vida em algo cada vez mais desgastante... 

“A gente nunca está preparado para a partida das pessoas, porque nunca nos imaginamos antes sem elas. Mas chega uma hora quando o que era pra ser um recomeço vira um final. E, na vida, nem sempre os finais são felizes.”

Priscila irá aprender aos poucos que as vezes somente o amor não é suficiente para manter um relacionamento, principalmente um a distância... E que aquilo que parecia ser uma das piores coisas que já aconteceu a ela, pode acabar virando algo muito bom, inclusive pode acabar virando amor! 

Naquele momento, podia jurar, não existia nada mais lindo que aquele sorriso. Ele podia acabar com todas as doenças e com todas as guerras. Aquele sorriso, que só ele tinha, poderia até iluminar o mundo.

Isadora com uma escrita leve e gostosa é capaz de envolver o leitor de uma forma que faz com que o leitor volte a sua adolescência e relembre como é sentir aquele frio na barriga, aquela sensação de descoberta e até de primeiro amor.  Cada capítulo instiga a leitura do próximo e te aproxima de Priscila como se você fizesse parte da história e fosse uma de suas amigas; onde é impossível não torcer a cada instante pela sua felicidade e sofrer enquanto as coisas não parecem se encaixar.

É a típica história leve, sem ser banal; clichê, mas apaixonante; divertida, mas com temas relevantes... ideal para todos aqueles que buscam uma obra gostosa e bem escrita, cuja leitura acontece rápido e sem que se note até que o fim se aproxima te deixando com aquele gostinho de quero mais! 


Minha única ressalva em relação ao enredo é que o romance demorou tanto para finalmente ser desenvolvido por completo que quando ele finalmente ocorre quase não pudemos curti-lo porque o fim ocorre em seguida. Tirando esse meu desejo de poder curtir o casal por mais tempo (que não é algo exclusivo desse livro, e nem por ser nacional - já que o primeiro livro do Quarteto da nova série da Julia Quinn recebe a mesma ressalva) que não foi suprido, o resto do enredo me envolveu tanto que era impossível parar de ler cada capítulo como se minha vida dependesse disso. 

Virando amor é o livro ideal para aqueles que buscam romance e ensinamentos de vida, despertando sentimentos e emoções que apenas uma obra produzida por uma autora talentosa é possível de realizar. Com toda a certeza é uma obra que eu irei reler e que não me importaria que houvesse continuação. Isadora Ferreira é mais um talento nacional a se ficar de olho, onde juntamente com suas obras ainda tem muito a acrescentar e literatura nacional!

Um beijo

14 comentários:

  1. Já tinha visto o livro por aí, mas esta é a primeira resenha que leio dele. Gosto de romances assim, que nos fazem refletir e que podemos tirar proveito para a vida com a leitura. Quero ler e te r a mesma experiência que você teve.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá!! :)

    Eu confesso que não conhecia este livro, mesmo que a capa me seja familiar... Talvez tenha visto na internet.. :P

    Bem, acho ótimo que a leitura te tenha transmitido ensinamentos de vida para alem de te levar a um bom romance! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bom?
    Não conhecia o livro e nem a autora. Eu achei a capa bem bonita mas a premissa não me chamou tanta atenção, não descarto a possibilidade de ler um dia, é claro. Quando a história puxa muito pro clichê dificilmente me convencer a ler. Adorei a resenha.
    Até mais o/

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Já faz um bom tempo que quero ler essa obra da Isadora, mas ainda não consegui.
    A premissa é bem interessante e fiquei curiosa para saber como Priscila irá lidar com sua nova realidade morando em outra cidade e tendo que se enturmar com novas pessoas.
    Uma pena que o romance fica mais para o final, acho que também gostaria de conferir mais.
    Parece ser uma leitura agradável e cheia de ensinamentos mesmo.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Manter um relacionamento à distância realmente não é nada fácil e digo isso por experiência própria. Bate uma saudade indescritível e dá vontade de largar tudo e dar um jeito de mudar para a cidade da pessoa pra poder ficar pertinho todo dia. Mas entendo que quando não é para ser as circunstâncias acabam levando a outros caminhos. E o resultado se torna melhor do que esperávamos.
    Adorei a premissa e vou anotar a dica!

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Normalmente, fujo de clichês! Mas dependendo do livro que leio, se for pesado ou complexo demais, acabo precisando de um para amenizar o coração, rs. Esse parece sdr uma delicia de se ler, bem juvenil. A capa é linda ❤

    ResponderExcluir
  7. Oi, achei a premissa bem de boas, ou seja, não sei se leria, apesar de para você trazer ensinamentos de vida, ao meu ver não é uma história que traz algo novo, pelo menos pra mim. Porém, acho que é uma leitura válida para quem gosta de uma leitura mais tranquila e sem muitas expectativas, visto que é uma história de adolescente.

    www.porredelivros.com

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Já tinha lido resenhas desse livro e sempre foram positivas. Confesso que não me senti atraída por ele, talvez dê uma chance mais pra frente... quem sabe. Gostei da resenha, parabéns
    Nizete
    Cia doLeitor

    ResponderExcluir
  9. Oiii!!
    Poxaaa... Relacionamentos na adolescência já são complicados, à distância ainda?? hahaha não poderia ser mais difícil!
    Enfim, não gosto muito de romances, principalmente adolescentes, mas a escrita e o enredo parecem ser leves e bem desenvolvidos.
    Fico feliz que você tenha gostado!
    Um beijo

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  10. Olá já vi muitas pessoas falarem desse livro, nunca senti entusiasmo em ler, porém acredito ser uma leitura mais tranquila, gostei muito da resenha!

    ResponderExcluir
  11. OLHA! Ela é de Curitiba, eu também! hahahha
    Gente, que legal, sempre acho tão poucos livros que tratem da minha cidade - mesmo que esse trate pouco, já que ela se muda pra São Paulo.
    Ainda não conhecia esse livro, mas fiquei super interessada, gosto muito de conhecer novos autores nacionais. Acho sempre muito importante incentivar a leitura dos nossos autores!
    E ainda por cima, parece um romance adolescente bem gostosinho e rapidinho de ler :) dica anotada!
    Beijos!

    www.beyondbluedoors.com

    ResponderExcluir
  12. Não sei se escolheria esse livro para ler, não me identifiquei muito com a premissa. Acredito que a autora de fato merece todos os elogios à escrita, mas realmente não fiquei com vontade de conhecer sua escrita... Mas acredito que não será com esse.

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  13. Oi! Li esse livro também é confesso que achei ele juvenil em demasia, mas a autora construiu uma história com umas mensagens ocultas muito boas. Vale a pena ser lido pelo público jovem com certeza. Sua resenha foi muito fofa! Adorei as citações com pontos altos do livro. Deu um toque especial.

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Tive o prazer de ler esse livro no ano passado e me encantei com o que encontrei, pois foi uma obra que acrescentou bastante pra mim. Além disso, a escrita da Isadora é fascinante, como você disse.
    Bateu uma vontade enorme de reler rs.
    Beijos

    ResponderExcluir