Resenha: Amor Sem Medidas - Sophie Jackson

|


Amor sem Medidas, terceiro livro da série Desejo Proibido escrita por Sophie Jackson e publicado pela Editora Arqueiro, é uma obra que vem para trazer uma trama complexa e apaixonante sobre encontros e recomeços em meio a muito romance. Tratando acerca da história de Riley, dessa vez, o leitor é levado a se aventurar e descobrir mais sobre a vida de um dos personagens desse grupo de amigos tão apaixonantes. Simples e repleto de paixões arrebatadoras, essa é uma obra feita para tocar os corações da forma mais profunda possível através de personagens cativantes e desenrolares inusitados. Confiram:


Tudo ia bem na vida de Riley Moore, um ex-presidiário que trabalha duro para se manter de forma honesta em Nova York. Um telefonema da mãe, no entanto, acaba tirando o rapaz dos eixos: o pai está internado em estado crítico, depois de sofrer o segundo ataque cardíaco em menos de dois anos.

Para estar ao lado da mãe nesse momento tão difícil e tentar resolver seus conflitos com o pai antes que seja tarde demais, Riley deixa tudo para trás e retorna a Michigan, sua terra natal, pela primeira vez em cinco anos.

Mas lá não estão apenas os pais de Riley e as memórias de sua família: Lexie Pierce ainda vive na cidade. Grande amor da vida de Riley, ela também foi a responsável por deixar seu coração em pedaços.

Como se a alma de um atraísse a do outro, o encontro entre os dois é inevitável. As lembranças de um amor poderoso fazem Riley querer Lexie de volta aos seus braços. Entretanto, a garota esconde um grande segredo, capaz de colocar à prova a confiança e os sentimentos do rapaz. Será que eles conseguirão superar a dor e o sofrimento de sua história para enfim viverem felizes para sempre?


Informações técnicas:
Obra:  Amor sem Medidas Autor(a):  Sophie Jackson Páginas: 288 Ano de Lançamento: 2017 Editora: Arqueiro  Avaliação: 4/5 estrelas Onde comprar: AmazonSaraiva


Nos lábios dele, aquele nome era uma maldição, uma promessa, uma declaração. E ela ouviu tudo em alto e bom som.

Riley Moore é um homem que se mostra o desejo de toda mulher: inteligente, simpático e completamente sedutor ele nunca teve dificuldade em encontrar companhia para esquentar sua cama. Sendo sempre sincero, as mulheres que conquista sabem que não devem esperar nada além dele além de muito prazer e definitivamente não devem esperar por compromisso. No entanto, o que poucos sabem é que ele possui um coração que já foi muito machucado por um amor adolescente, mas que até hoje se faz presente em lembranças, motivo pelo qual ele anda sempre a buscar viver sua vida de forma simples e principalmente sem as complicações que vem com o amor - ainda mais tendo que lidar com as consequências de um erro do passado que o fez ter sido condenado e preso.

Claro que o sentimento era mútuo. Caramba! Ele nunca desejou uma mulher mais do que ela. Lexie tinha estabelecido um padrão elevado demais, e ninguém tinha chegado nem perto disso.

Tendo cumprido sua pena, ele agora se encontra vivendo em Nova York e trabalhando de forma honesta ao lado de seu amigo Max na oficina em que possuem. No entanto, quando ele achava que as coisas estavam começando a se acertar, Riley se vê de frente com a notícia de que seu pai se encontra em um estado critico após sofrer um infarto. Ainda que sua relação com o seu pai não seja das melhores desde que ele foi preso, ele não hesite em voltar para Michigan para ficar ao lado de sua família - ainda que não colocasse os pés em sua cidade natal há cinco anos.

Era estranho como a vida podia seguir com tanta calma, com tanta perfeição... até tudo mudar de repente, bastando alguém dizer umas poucas palavras (...)

No entanto, voltar para Michigan não parece ser tão fácil quanto ele pensava. Tendo que lidar com as memórias do passado, principalmente acerca daquela com quem viveu os melhores momentos de sua infância e juventude, Riley se vê sendo obrigado a reviver sentimentos há muito tempo adormecidos - principalmente ao se deparar com Lexie, a grande dona de seu coração. Mesmo longe de estar preparado, ele não hesita em ir atrás encontrá-la, mas com as lembranças da última vez que se encontraram (e que não acabaram bem) ele não tem certeza do que poderá encontrar. Mas quando ele se vê descobrindo acerca de um grande segredo que Lex guarda dele, ele se vê divido entre amor, a raiva e a decepção... com a confiança abalada, eles terão que se esforçar para recomeçar e consertar os erros do passado, mas será que eles conseguirão superar mais esse baque da vida? Ou eles terão que aprender a deixar o passado apenas no passado encontrando uma nova forma de conviver? Em meio a muita dor, sofrimento e recomeços, iremos acompanhar esses dois jovens que já foram muito machucados, mas que ainda insistem em ir atrás do final feliz, mas será que eles irão conseguir?
 – Não posso esquecer o que sinto por você, da mesma forma que não posso decidir para de respirar. E olha que eu tentei. Acredite. Por anos e anos. Mas não dá.


Amor sem Medidas, o terceiro e último da série Desejo Proibido, é uma obra que se mostra simples e ao mesmo tempo coesa com as tramas anteriores, sem ganhar destaque negativamente ao apresentar um enredo interessante e repleto de reviravoltas e personagens intensos e cheios de química. Longe de ser o melhor da coleção, mas propiciando momentos agradáveis para o leitor que se vê envolvido nos encontros e desencontros desses protagonistas, Sophie Jackson soube escrever uma história que acalenta o coração e deixa o leitor satisfeito do início ao fim. Mostrando a força do amor, somos levados a refletir até que ponto se é cedo demais para encontrar o verdadeiro amor e até onde se é capaz de ir para mantê-lo. Real e bonito, esse é um enredo que está longe de ser perfeito, mas encanta com sua imperfeição.




Riley é um protagonista que se mostra muito menos do que realmente é. Sendo um homem de família, extremamente inteligente, dono de um coração maior do que demonstra ele é alguém responsável - ainda que tenha cometido erros -, consciente das suas ações e que não hesite em tentar consertar as coisas que se encontram erradas, além de superar os obstáculos que podem vir a aparecer em seu caminho. Mesmo longe de ser perfeito, ele é alguém que não teme o desconhecido e não tem medo de se arriscar mesmo que isso possa resultar em um coração partido. Muito bem construído, ele é um protagonista que encanta ao se mostrar um homem de fibra criando empatia no leitor ainda que não seja o exemplo ideal.

Por outro lado, Lexie é uma mulher que surpreende ao demonstrar garra, que não se ressente de abrir mão de seus sonhos em prol daqueles que ama, que erra e sente medo como qualquer pessoa. Tendo errado muito na vida ela é alguém que já se viu muito machucada, mas que ainda sim insiste em recomeçar e ir atrás daquilo que deseja e ama. Desconfiada, ela é alguém que se mostra fechada para todos de fora de seu círculo, mas que apresenta um coração bondoso, uma personalidade doce capaz de perdoar e um desejo de fazer o bem pra todos. Simples e extremamente real, facilmente nos identificamos com seu sofrimento e torcemos por sua felicidade.




Intercalando presente e passado, somos levados a acompanhar através de uma narrativa envolvente e fluida a história desses personagens que tinham tudo para terem seu final feliz, mas que acabam por verem seus destinos bagunçados em uma das muitas voltas da vida. Extremamente real, essa é uma história que não se perde em meio a narrativa e se mostra tocante e extremamente emocionante. Simples, mas tocante, essa é uma obra que arrebata os corações de seus leitores em uma história profunda e impactante.

A edição feita pela Arqueiro mais uma vez se mostra ideal, se encaixando de forma completa com suas sutilezas tanto a trama quanto aos seus volumes anteriores. Mantendo padrões, ela está longe de poder ser considerada única ou inovadora na série, o que acaba por ser perfeita visto que cada uma se equivale a outra se mostrando parecidas e ao mesmo tempo completos opostos. Com folhas de qualidade e no padrão amarelado ideal para a leitura, esse é um livro que não apresenta erros aparentando uma boa revisão além de uma diagramação que encanta na simplicidade com o toque certo. Atrativa, essa é aquela obra que agrega cor a estante junto a um enredo de qualidade, ideal para todos os apaixonados por leitura!




Muito bem escrito, Amor Sem Medidas é mais uma obra de Sophie Jackson que traz em seu enredo importantes lições sobre amor e amizade, mas principalmente sobre segunda chances. Com seus personagens imperfeitos, a autora nos leva a aprender mais sobre escolhas e sobre perdão de forma profunda e intensa através de situações inusitadas e romances arrebatadores. Simples e ao mesmo tempo completa, essa não é uma obra a ser esquecida ou deixada de lado; levando o leitor em um constante mix de sensações, somos completamente arrebatados por sentimentos que jamais imaginávamos e surpreendidos pelas reviravoltas da vida que jamais imaginaríamos.

Repleta de ousadia, Sophie não hesita em pegar elementos clichês e transformá-los em um enredo repleto de imprevisibilidade e emoção. Abordando temas sérios de forma real e crível, ela cria histórias que vão muito além de meras palavras para divertir ou proporcionar momentos agradáveis. Com reflexões profundas, aprendemos a nos colocar no lugar do outro de forma a entendermos antes de utilizarmos pré-julgamos visto que até mesmo pessoas boas podem cometer erros. Intenso, essa é uma obra para todos os apaixonados por histórias profundas e transformadoras - com uma dose ideal de romance e realidade. Recomendo!

Um beijo


4 comentários:

  1. Olá.
    Eu já li o primeiro livro há muito tempo mas até hoje não li o segundo, acho que acabei enrolando demais e no fim não fiz isso, mas eu adorei a temática dessas histórias, ex-presidiários ao lado de pessoas que não acreditavam mais neles. Com toda certeza vou ler os outros volumes para chegar nesse.
    Beijo
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Miriã!
      Eu não li o segundo também, só o primeiro e terceiro e vale super a pena ler! Também achei bem legal essa temática dos ex-presidiários!
      Um beijo

      Excluir
  2. Oi, tudo bom? Sei lá porque quando comecei a ler eu li na sinopse ex-presidente quando continuei lendo a resenha e vi ex-presidiário tive que voltar lá pra olhar e eu realmente tinha lido errado. Doida, rsrs... Não conheço essa série, mas gostei bastante da sua resenha. Você acha que dá pra ler só esse ou é melhor ler toda a série? Eu gosto muito de histórias profundas e transformadoras. Ótima resenha =D Abraços

    https://byangelaserrano.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Angela!
      Dá para ler sim só esse, são protagonistas diferentes, apesar de eles terem presença nos outros volumes não é algo que irá prejudicar sua leitura! Vale super a pena <3
      Um beijo

      Excluir